4 alimentos para você excluir da sua dieta

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

É muito comum conversar com as pessoas sobre dieta e controle alimentar e escutar coisas como: “eu amo comida e não vou parar de comer para emagrecer” ou “nossa, eu não sabia que isso fazia mal”. No entanto, os malefícios desses alimentos vão muito além da estética e podem representar uma ameaça à saúde. Por isso, é importante que você veja uma lista com os 4 alimentos que você deve excluir da sua dieta.

Leia mais: Os principais problemas causados pelo consumo constante do refrigerante

4 alimentos para remover da dieta

Hoje em dia todos os veículos de mídia e informação transmitem diversas notícias, incluindo o que é saudável ou não para a nossa alimentação. Além disso, com o advento da tecnologia, pesquisar na internet tornou-se um meio muito fácil de adquirir informações. Por isso, hoje trouxemos para você uma lista contendo quatro alimentos que deveriam ser ideais para remover da sua dieta. Confira esses itens a seguir e o porquê deles serem tão prejudiciais à nossa saúde.

1. Margarina

A margarina é resultado de um processo altamente industrializado e ultraprocessado. Basicamente, o que você obtém desse processo é a gordura trans. Como sabemos, um alimento rico em gordura trans é ruim para saúde e foco de doenças cardiovasculares.

2. Refrigerante

Além de ser uma bebida muito ácida, uma lata de refrigerante contém em média 10 colheres de chá de açúcar, 150 kcal, 30 a 55 mg de cafeína e é rica em corantes artificiais e sulfitos. Apenas com essas informações já deveria fazer você reconsiderar seu consumo.

3. Cachorro-quente

O nitrito de sódio, um carcinógeno relacionado a condições como leucemia em crianças e tumores cerebrais em bebês, é um componente encontrado tanto no cachorro quente quanto no bacon. O seu consumo e o de outras carnes processadas pode aumentar o risco de câncer de pâncreas em 67%.

4. Bacon

Nutricionistas afirmam que o consumo diário de carnes processadas, como bacon, pode aumentar o risco de doenças cardiovasculares e diabetes. Além disso, um estudo da Universidade de Columbia descobriu que consumir 14 porções de bacon por mês pode prejudicar a função pulmonar e aumentar o risco de doenças relacionadas ao coração.

Fonte: Fonte: R7