Zona do euro tem recessão confirmada no 1º trimestre | Economia

0
7


A economia dos 19 países que fazem parte da zona do euro caiu 0,6% no primeiro trimestre deste ano, na comparação com os três meses anteriores, segundo dados divulgados nesta terça-feira (18) pela Eurostat, a agência oficial de estatísticas do bloco. Os números confirmam a estimativa anterior, divulgada no final de abril.

A queda vem após uma retração de 0,7% no 4º trimestre, o que confirmou a entrada da região em uma nova recessão técnica – caracterizada por dois trimestre consecutivos de contração da economia.

A zona do euro está em sua segunda recessão técnica desde que a pandemia de Covid-19 começou.

PIB da zona do euro — Foto: Economia/G1

Já incluindo todos os países da União Europeia (UE), a queda foi confirmada em 0,4% no 1º trimestre, após recuo de 0,5% no 4º trimestre do ano passado. O Produto Interno Bruto caiu em todos os maiores países com exceção da França, que teve crescimento de 0,4%.

Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, a queda foi de 1,8% na zona do euro de de 1,7% na UE.

Já o número de pessoas empregadas caiu 0,3% tanto na zona do euro quanto no conjunto dos 28 países que fazem parte da União Europeia. No 4º trimestre, o emprego havia crescido 0,4% nos dois conjuntos, também na comparação com os três meses anteriores.

Na comparação com o primeiro trimestre do ano passado, a queda foi de 2,1% na zona do euro e de 1,8% na UE.

Em divulgação separada, a Eurostat mostrou també, que o superávit comercial com o resto do mundo caiu a 15,8 bilhões de euros em março, de 29,9 bilhões em março de 2020. Ajustado para variações sazonais, o superávit comercial da zona do euro foi de 13,0 bilhões de euros em março contra 23,1 bilhões em fevereiro, uma vez que as exportações caíram 0,3% e as importações subiram 5,6%.

Nesta terça, as bolsas da Europa operavam em alta, em meio ao otimismo sobre a flexibilização de restrições econômicas em vários países, queda da taxa de desemprego no Reino Unido e fortes balanços das empresas.

Na Europa, museus reabrem no Vaticano e na França

Na Europa, museus reabrem no Vaticano e na França



Fonte: G1