Wall Street se recupera após fortes quedas relacionadas à Covid-19

0
13


(Texto atualizado com mais informações)

Por Sinéad Carew e Kevin Buckland

(Reuters) – As ações de Wall Street fecharam em alta nesta segunda-feira, recuperando parte do terreno perdido na liquidação de sexta-feira, conforme investidores pareciam esperançosos de que a variante ômicron do coronavírus não levará a lockdowns após garantias do presidente dos EUA, Joe Biden.

O Nasdaq liderava os ganhos entre os principais índices, com a ajuda do setor de tecnologia, enquanto o S&P e o Dow também avançavam depois de terem sofrido suas maiores quedas percentuais diárias em meses na sessão encurtada do feriado de sexta-feira, com investidores preocupados que a mais recente variante do Covid- 19 identificada causaria uma ruptura econômica.

Mas Biden disse na segunda-feira que lockdowns relacionados à ômicron estão fora de cogitação por enquanto, embora tenha frisado que a variante é motivo de preocupação, mas não para pânico. Ele pediu que os norte-americanos se vacinem e usem máscaras em locais fechados para combater o vírus. Também disse que os Estados Unidos têm trabalhado com empresas farmacêuticas para fazer planos de contingência caso novas vacinas sejam necessárias.

Fabricantes de vacinas como a Pfizer, sua parceira BioNTech e seus rivais Moderna e Johnson & Johnson disseram nesta segunda-feira que estão trabalhando em vacinas específicas contra a ômicron, caso os imunizantes existentes não sejam eficazes contra a cepa.

Após o fechamento do mercado dos EUA, os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA disseram que todos com 18 anos ou mais deveriam receber doses de reforço seis meses após as vacinas contra Covid-19 da Pfizer ou Moderna ou dois meses após as da Johnson & Johnson

A Moderna subiu 11,8% no dia, enquanto a Pfizer caiu quase 3% e a Johnson & Johnson subiu 0,34%.

O Dow Jones subiu 0,68%, a 35.135,94 pontos, o S&P 500 subiu 1,32%, para 4.655,27 pontos e o Nasdaq Composite avançou 1,88%, para 15.782,83 pontos.

O Twitter Inc fechou em baixa de 2,7%, uma reversão de ganhos anteriores, depois que a empresa de mídia social disse que o CEO Jack Dorsey deixaria o cargo e seria sucedido pelo diretor de tecnologia Parag Agrawal. Dorsey ocupava a posição incomum de ter o cargo de CEO de duas grandes empresas de tecnologia, a segunda sendo a empresa de pagamentos digitais Square Inc.

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEHAS160-BASEIMAGE






Fonte: Mix Vale