VP da PepsiCo diz que Bitcoin se tornará moeda no longo prazo

0
13


O Vice-Presidente (VP) e Diretor Financeiro (CFO) da PepsiCo, Hugh Johnston, disse que o Bitcoin ainda é muito volátil e será uma moeda apenas no longo prazo.

A multinacional é dona das marcas Elma Chips, Gatorade, Pepsi, Lays, Ruffles, Doritos e Toddy, sendo uma das grandes empresas do mundo no setor de alimentação. Seus produtos podem ser consumidos desde o café da manhã até o período noturno, garante a empresa.

Apesar de ser uma importante marca presente na vida de milhões de pessoas, não há planos no curto prazo da PepsiCo que coincidem com o mercado de criptomoedas.

Grandes empresas no mundo começaram a observar o Bitcoin como uma reserva de valor no último ano. Uma delas foi a Tesla, companhia sob o comando de Elon Musk e que comprou mais de 40 mil Bitcoins como proteção para seu patrimônio.

Com essas grandes compras de criptomoeda no mundo, outras empresas passaram a observar com mais atenção o setor.

VP e CFO da PepsiCo ainda acredita que o Bitcoin é muito volátil para ser moeda

Hugh Johnston foi o convidado do Squawk Box nesta terça-feira (5), onde pode falar mais sobre o futuro da companhia que ajuda a administrar. Executivo e VP da PepsiCo, ele foi questionado até sobre o mercado de criptomoedas.

Em sua entrevista à CNBC, Hugh foi questionado sobre o que achava sobre a Pepsi ter Bitcoin em seu balanço, se eles fariam isso em algum momento.

Em sua resposta, o VP da PepsiCo demonstrou ter pelo menos algum conhecimento sobre o assunto, visto que foi uma pergunta inesperada. Contudo, ele disse que o preço do Bitcoin ainda é muito volátil para que sua empresa trabalhe com essa moeda digital agora.

O que ficou de interessante em sua resposta foi que ele “nunca diz nunca”, ou seja, ele está atento ao mercado.

“Aprendi com o tempo a nunca dizer nunca. Bitcoin para mim ainda é muito volátil e ainda muito especulativo.

Eu acho que vai demorar muito antes do Bitcoin tornar-se uma moeda funcional para nós”.

Bom resultado no terceiro trimestre de 2021

Principal concorrente da Coca-Cola nos Estados Unidos, a PepsiCo é uma das maiores fabricantes de bebidas e o maior engarrafador de Pepsi do mundo. Essa companhia foi fundada em 1999, e suas ações são negociadas na Nasdaq.

O resultado do terceiro trimestre dessa companhia acabou sendo apresentado nesta terça pelo CEO Ramon Laguarta, que informou estar satisfeito com o demonstrativo da Pepsi em 2021, que espera ser melhor até o final do ano.

“Nossos fortes resultados acumulados no ano demonstram que os investimentos que fizemos para nos tornarmos uma empresa mais rápida, mais forte e melhor estão funcionando.”

Apesar da empresa não considerar o Bitcoin ainda, a PepsiCo fez vários investimentos em tecnologias e ampliou seu processo de digitalização para buscar mais vantagens competitivas no mercado. Hoje, o preço da ação da Pepsi (NASDAQ: PEP) tem uma alta de 0,4% no preço de pré-abertura.





Fonte: R7