Visa supera estimativas no trimestre com retomada de gastos do consumidor


BENGALURU, Índia (Reuters) – A Visa superou as estimativas do mercado para o lucro trimestral nesta terça-feira, impulsionada pela recuperação nos gastos do consumidor após o relaxamento das restrições contra Covid-19 em todo o mundo.

A Visa citou tendências de gastos que reforçaram comentários otimistas de bancos como JPMorgan e Bank of America. Apesar da ameaça da guerra na Ucrânia e de uma inflação persistentemente alta, a economia dos EUA continua forte, disseram executivos desses bancos.

Maior processadora de pagamentos do mundo, a Visa disse que os volumes de pagamentos aumentaram 17% no trimestre, com volumes internacionais saltando 38%.

“Os impactos da variante Ômicron foram de curta duração e a recuperação econômica global que começou em meados do ano passado continuou”, disse o presidente e presidente-executivo, Alfred Kelly, no anúncio dos resultados.

As pressões inflacionárias pesaram sobre os ganhos de várias empresas financeiras desde o ano passado, uma vez que as despesas vinculadas a maiores remunerações de funcionários cresceram em meio a um mercado de trabalho apertado.

As despesas operacionais da Visa no trimestre aumentaram 11%, em relação ao ano anterior, para 2,4 bilhões de dólares.

O lucro líquido subiu de 3 bilhões, ou 1,38 dólar por ação, para 3,6 bilhões de dólares, ou 1,7 dólar por ação. Os analistas, em média, previam lucro de 1,65 por ação, segundo dados da Refinitiv.

(Por Manya Saini)

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI3P10A-BASEIMAGE









Fonte: Mix Vale