Venda de veículos novos cai 7,1% para o mês de novembro, aponta Anfavea | Economia

0
32


O mês de novembro teve 225 mil veículos licenciados em todo o país, segundo dados da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea). No mês, houve crescimento de 4,6% nas vendas em relação a outubro.

Mesmo com nova alta em novembro, a indústria automotiva ainda se recupera da crise causada pela pandemia do novo coronavírus. Comparado ao mesmo mês de 2019, houve queda nas vendas de 7,1%.

De janeiro a novembro, o mercado brasileiro de carros, comerciais leves, caminhões e ônibus somou 1,81 milhão de unidades. Isso representou uma queda de 28,1% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Os dados de licenciamento até novembro indicam que o impacto da pandemia nas vendas de veículos novos no mercado interno em 2020 será menor do que inicialmente calculavam os dirigentes da indústria. No início da pandemia, vários dirigentes de montadoras calculavam que a retração poderia chegar a 40% em 2020 na comparação com 2019.

A última previsão da Anfavea indica a expectativa de queda de 31% este ano na comparação com 2019.

Indústria é determinante para crescimento do PIB no 3º trimestre

Indústria é determinante para crescimento do PIB no 3º trimestre

O ritmo de produção de veículos no Brasil tem sofrido o impacto não apenas da pandemia no país como da crise na Argentina, principal destino das exportações. Segundo o presidente da Anfavea, Luiz Carlos Moraes, o acumulado dos 11 meses de 2020 foi o pior para o período desde 2003.

De janeiro a novembro, o volume de veículos produzidos no país caiu 35% na comparação com o mesmo período de 2019, para 1,8 milhão de unidades.

Isoladamente, no entanto, novembro foi um mês favorável para as montadoras. Melhor até do que novembro do ano passado. Foram produzidos 238,2 mil veículos, o que representou um aumento de 4,7% na comparação com novembro de 2019.

Na comparação com outubro, houve aumento de 0,7%.

VÍDEOS: Últimas notícias de Economia



Fonte: G1