veja quem ainda recebe em 2022

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


De imediato, vale dizer que os pagamentos deste ano, não dizem respeito a uma nova rodada do Auxílio Emergencial, mas sim a repasses retroativos devidos a um grupo específico. 

O grupo em questão, trata-se dos pais solteiros chefes de família que não receberam o auxílio em dobro no primeiro semestre de 2020. Na época a cota dupla somente foi concedida a mães monoparentais. 

Isto ocorreu, pois, o presidente vetou o projeto que liberava o pagamento em dobro para os pais provedores, entretanto, posteriormente, o Congresso Nacional derrubou tal veto. Diante disso, os devidos valores retroativos já vem sendo liberados esse ano. 

Como saber se recebo o auxílio retroativo?

Para saber com mais exatidão se você será contemplado pelo benefício, a consulta ainda está disponível através do site do Dataprev. Será necessário informar os seguintes dados: 

  • CPF; 
  • Nome completo; 
  • Nome da mãe ou se tem mãe desconhecida;
  • Data de nascimento.  

Vale adiantar que somente receberão os pais, os quais foram contemplados pelo Auxílio Emergencial em 2020, que não possuam cônjuges, e eram responsáveis por um filho menor de idade, ou seja, que possua menos de 18 anos. 

Valor do Auxílio Emergencial

Na época apurada, o benefício era concedido no valor de R$ 600, ou seja, para cada cota que o pais monoparental não recebeu em dobro (R$ 1.200), será concedido a diferença. 

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, os valores retroativos variam de R$ 600 a R$ 3.000, o que dependerá do número de meses em que o cidadão recebeu o benefício.



Fonte: Jornal Contábil