veja o calendário de pagamento em dezembro

0
1064


O Auxílio Brasil que substituiu o Bolsa Família está no seu segundo mês de pagamento, e por enquanto sem a possibilidade de ter o valor médio de R$ 400. Até agora estão sendo beneficiados todos os inscritos que já recebiam o Bolsa Família e estão com seus dados atualizados no CadÚnico (Cadastro Único). Eles migraram automaticamente para o novo programa do governo sem precisar fazer um novo cadastro.

Os beneficiários começam a receber a partir do dia 10, o pagamento seguirá até o dia 23 de dezembro. O calendário segue o mesmo sistema do Bolsa Família, desta forma, o pagamento será de acordo com o final do NIS (Número de Identificação Social). Sendo assim, no dia 10 receberá quem tem o final 1, no dia 13, o final 2 e assim sucessivamente. 

A Caixa Econômica Federal avisa que a pessoa que estiver usando o aplicativo do Bolsa Família deverá atualizar o programa, que passará automaticamente para o Auxílio Brasil.

Calendário de pagamento do Auxílio Brasil – Dezembro

  • NIS com final 1: recebe em 10 de dezembro
  • NIS com final 2: recebe em 13 de dezembro
  • NIS com final 3: recebe em 14 de dezembro
  • NIS com final 4: recebe em 15 de dezembro
  • NIS com final 5: recebe em 16 de dezembro
  • NIS com final 6: recebe em 17 de dezembro
  • NIS com final 7: recebe em 20 de dezembro
  • NIS com final 8: recebe em 21 de dezembro
  • NIS com final 9: recebe em 22 de dezembro
  • NIS com final 0: recebe em 23 de dezembro

Benefícios que serão oferecidos pelo Auxílio Brasil 

Os 3 benefícios básicos são:

Benefício Primeira Infância:  para famílias que possuam em sua composição crianças com idade entre 0 (zero) e 36 (trinta e seis) meses incompletos, pago por pessoa  que se enquadre em tal situação;

Benefício Composição Familiar: para famílias que possuam em sua composição  gestantes ou pessoas com idade entre de 3 (três) e  21 (vinte e um) anos  incompletos, pago por pessoa  que se enquadre em tais situações. A família apenas receberá esse benefício relativo aos seus integrantes com idade entre 18 (dezoito) e 21 (vinte e um) anos incompletos se estiverem matriculados na educação básica.

Benefício de Superação da Extrema Pobreza: valor mínimo calculado por pessoa  e pago por família beneficiária do Programa Auxílio Brasil, cuja renda familiar  per capita, calculada após o acréscimo dos benefícios Primeira Infância e Composição Familiar, for igual ou inferior ao valor da linha de extrema pobreza.

A família pode receber, cumulativamente, os 3 benefícios básicos (Primeira Infância, Composição Familiar e de Superação da Extrema Pobreza). Os benefícios Primeira Infância e Composição Familiar são pagos até o limite de 5 (cinco) benefícios por família.

Podem receber benefícios do Programa Auxílio Brasil famílias em situação de extrema pobreza e famílias em situação de pobreza. As famílias em situação de pobreza apenas poderão receber benefícios se possuírem em sua composição gestantes ou pessoas com idade até 21 (vinte e um) anos incompletos.

Para ter acesso ao Auxílio Brasil será necessário:

  • Possuir inscrição no Cadúnico e ter o cadastro atualizado junto ao sistema; 
  • Estar em situação de pobreza (possuir renda mensal per capita de até R$ 200) e possuir como integrante da família uma mulher grávida ou menor de 21 anos; OU
  • Estar em situação de extrema pobreza (possuir renda mensal per capita de até R$ 100).



Fonte: R7