veja as estimativas para 2023

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


O salário mínimo pago aos trabalhadores e assistidos do INSS, deve passar por um reajuste anualmente, para assim garantir a manutenção do poder de compra do consumidor. 

Nesta linha, conforme a constituição, o piso nacional deve, ao menos, acompanhar o avanço inflacionário. Isto é determinado, pois, caso o preço de produtos e serviços suba, naturalmente, o salário deve subir também, de maneira que, em tese, o cidadão consiga manter seu padrão de vida. 

Em 2022, o salário mínimo, contou com um aumento de 10%, assim passando de R$ 1.100 (piso vigente em 2021), para os atuais R$ 1.212. Como dito, todos os anos, o salário será reajustado, e não será diferente em 2023. 

Salário mínimo em 2023

Segundo as últimas estimativas do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), referencial utilizado pelo governo para reajustar o piso, nos últimos anos, a taxa inflacionária passou de 4,25% para 6,7%. 

Caso esta taxa se confirme, em 2023, teremos um aumento de R$ 81 no salário mínimo, ou seja, o piso subirá para R$ 1.293 no próximo ano. Isto já representa uma elevação maior do que a esperada. 

Ainda sim, é preciso entender que caso este seja o novo piso, não há ganho real, dado que este valor simplesmente acompanha inflação medida pelo INPC, até o momento. 

Por fim, vale lembrar que o valor, ainda é uma estimativa que poderá sofrer alterações ao longo do ano, dado que isto dependerá de todo acúmulo da inflação de 2022. Sendo assim, o novo salário mínimo somente será confirmado ao início do próximo ano, quando a apuração estiver completa.



Fonte: Jornal Contábil