Transporte doméstico de passageiros teve queda de 52,5% em 2020, diz Anac | Economia

0
15


O número de passageiros transportados em voos domésticos no Brasil em 2020 foi 52,5% menor que o registrado em 2019, informou nesta quarta-feira (20) a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

No ano passado as empresas aéreas brasileiras transportaram um total de 45,1 milhões de passageiros em voos dentro do país. De acordo com a Anac, esse foi o pior resultado do setor em mais de uma década. Em todo o ano de 2019, foram 95,1 milhões de passageiros transportados.

O mercado aéreo foi fortemente afetado pela pandemia do novo coronavírus. Restrições e medidas de isolamento reduziram as viagens dentro e fora do país.

Entretanto, os números da Anac mostram uma recuperação no setor a partir do segundo semestre de 2020. Em dezembro, o mercado aéreo registrou seu melhor resultado desde o início da pandemia (leia mais abaixo).

Passageiros transportados

Mercado doméstico e internacional, em milhões

Fonte: Anac

A retração no mercado aéreo doméstico começou a ser vista a partir de março, quando medidas de isolamento social mais restritivas passaram a ser adotadas no país. Em abril, o setor registrou o seu pior resultado mensal no ano passado, quando a queda na demanda por voos foi de 93,1% em relação ao mesmo mês de 2019.

Diante do cancelamento em massa de voos, o governo editou uma medida provisória que prevê o reembolso integral do valor gasto em passagens aéreas durante a pandemia.

O governo também deu início a uma negociação para socorro financeiro bilionário às empresas aéreas brasileiras. O auxílio, que viria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), entretanto, nunca saiu do papel.

O transporte internacional de passageiros registrou uma queda ainda maior no ano passado. De acordo com a Anac, as empresas aéreas brasileiras transportaram 6,75 milhões de passageiros para fora do país, número 72% menor que o verificado em 2019.

Os números divulgados nesta quarta pela Anac também revelam uma recuperação do mercado aéreo a partir do segundo semestre, apesar de ainda estarem abaixo do verificado antes da pandemia.

Aeroportos registraram movimento intenso de passageiros em dezembro, apesar da pandemia

Aeroportos registraram movimento intenso de passageiros em dezembro, apesar da pandemia

De acordo com a agência, a demanda por voos em dezembro foi 29,5% menor que a registrada no mesmo mês de 2019 e, a oferta de assentos, 27,6% menor.

Apesar de negativos, os resultados de dezembro são os melhores do setor aéreo desde o início dos efeitos da pandemia.

Vídeos: assista a mais notícias sobre economia



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui