Steam bane jogos de criptomoedas e NFTs

0
35


Em página voltada a desenvolvedores de jogos, a Steam adicionou uma cláusula que proíbe a adição de jogos que sejam criados em blockchains, bem como envolvam a emissão ou troca de criptomoedas e NFTs dentro deles.

A Steam, plataforma da Valve para venda e distribuição de jogos, já trabalhou com Bitcoin durante um ano e meio, mas ela removeu a opção de pagamento alegando que as taxas de transações eram caras.

A motivação da empresa pode estar ligada a possibilidade de que usuários encontrem maneiras de sacar saldos para fora da plataforma, podendo aumentar tentativas de golpes sobre seus usuários.

Proibição de jogos com criptomoedas

Embora a página não esteja completamente traduzida, na seção Regulamentos e Diretrizes, sob o artigo “O que não se deve publicar no Steam” a empresa cita jogos que usam a tecnologia blockchain que usem criptomoedas ou NFTs.

“Aplicativos criados sobre a tecnologia blockchain que emitem ou permitem a troca de criptomoedas ou NFTs.”

Steam proíbe a publicação de jogos com criptomoedas e NFTs.

Esta notícia pode estar relacionado a leis antilavagem de dinheiro e outras, já que poderia ser uma forma de sacar dinheiro da Steam, ou então outra atividade mais maliciosa. Vale lembrar que o saldo na carteira da Steam não pode ser sacado, apenas usado dentro da plataforma.

Embora exista um mercado paralelo de skins de alguns jogos como CSGO, nos últimos anos a empresa criou algumas limitações relacionadas a skins de outros jogos, forçando os seus usuários a usarem o mercado da Steam para estas negociações.

Vale lembrar que jogos como Proxi, do criador da franquia The Sims, estão trabalhando com NFTs. Sendo assim, esta proibição pode atrapalhar tanto pequenos quanto grandes estúdios.

Steam e o Bitcoin

A Steam é a maior plataforma de distribuição de jogos do mundo. Em 2015 ela começou a aceitar Bitcoin tanto como forma de pagamento quanto recarga de carteiras para compras de jogos e aplicativos. Ao que tudo parecia, esta poderia ser algo duradouro.

Porém em dezembro de 2017, com o Bitcoin prestes a atingir o seu topo histórico e apresentando um imenso tráfego na rede, encarecendo as taxas de transações, a Steam deixou de aceitar o bitcoin como forma de pagamento alegando o alto custo das taxas de transação.

De qualquer forma, gift cards da Steam podem ser comprados por criptomoedas como Bitcoin em sites especializados, permitindo que você faça recargas na sua carteira da Steam e então compre jogos com as suas criptos.





Fonte: R7