Serviços e alimentos impulsionam inflação na zona do euro em fevereiro | Economia

0
10


Preços mais caros de serviços e alimentos impulsionaram a inflação na zona do euro em fevereiro, compensando a energia mais barata, mostraram nesta quarta-feira (17) dados da agência de estatísticas da União Europeia, Eurostat.

A Eurostat confirmou estimativas anteriores de que os preços ao consumidor nos 19 países que usam o euro subiram 0,2% em fevereiro sobre o mês anterior e 0,9% na comparação anual. A agência disse que a queda dos preços de energia subtraiu 0,15 ponto percentual da leitura anual final, enquanto serviços contribuíram com 0,55 ponto. Alimentos, álcool e tabaco somaram outros 0,29 ponto.

Vacinação na Europa: ritmo de imunizações está muito longe do ideal
Vacinação na Europa: ritmo de imunizações está muito longe do ideal

Vacinação na Europa: ritmo de imunizações está muito longe do ideal

Sem os voláteis preços de energia e alimentos, medida que o Banco Central Europeu chama de núcleo da inflação e observa de perto nas decisões de política monetária, a inflação foi de 0,1% no mês e de 1,2% no ano.

O BCE quer manter a inflação baixa, mas perto de 2%, no médio prazo, mas tem tido dificuldades há anos para aumentar o ritmo de alta dos preços.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui