Sala-cofre da CPI da Covid já guarda 81 documentos | Blog Ana Flor

0
9


A CPI da Covid já recebeu 81 documentos secretos ou livres, que representam milhares de páginas, para análise da comissão. Os documentos estão na sala-cofre da CPI, que guardará toda a documentação protegida por sigilo. A informação foi confirmada ao blog pela relatoria da comissão.

Os documentos serão analisados por servidores do Senado designados pela CPI e por dois funcionários do Tribunal de Contas da União (TCU) que foram cedidos para trabalhar na comissão.

Segundo o presidente da CPI, Omar Aziz, mais da metade dos documentos são públicos, mas há informações prestadas à comissão e que têm proteção judicial.

CPI da Covid: carta da Pfizer indica que governo Bolsonaro não priorizou vacinas

CPI da Covid: carta da Pfizer indica que governo Bolsonaro não priorizou vacinas

Novos requerimentos de informação foram enviados a diversos órgãos do governo e, na medida em que forem entregues à CPI, serão guardados na mesma sala-cofre.

A sala tem vigilância 24 horas e câmeras que registram entrada e saída. Apenas senadores da CPI têm acesso ao local, acompanhados de servidor da casa.

Com os trabalhos remotos autorizados, documentos também podem ser consultados eletronicamente, em um sistema em que senadores precisam usar senha pessoal para acessar.

Nesta quinta-feira (13), o senador Alessandro Vieira sugeriu que cada senador seja responsável por fazer uma triagem dos documentos que fez requerimento, para evitar a sobrecarga da relatoria da comissão.



Fonte: G1