Safra de quiabo é colhida no noroeste paulista | Nosso Campo

0
32


A história da família do produtor José Vendrame está diretamente ligada ao plantio do quiabo. São mais de três décadas de cultivo na região de Piacatu, no noroeste paulista.

A área plantada nesta safra ocupa 20 hectares e a produtividade deve girar em torno de mil caixas por hectare.

Quando a família de José começou a plantar quiabo na região, depois de colhido, o produto era colocado com tamanhos misturados em caixas de 16 quilos. Mas, de 20 anos para cá, isso mudou. Hoje, antes de ser embalado, o produto passa por uma seleção e é separado por tamanho.

O classificado como número um é o maior, tem mais de 12 centímetros. O número dois tem de nove a 12 centímetros. Já o menorzinho tem de seis a nove centímetros. O menor é mais bem aceito no mercado e acaba tendo o melhor preço.

O produtor está recebendo pela caixa de 16 quilos por volta de R$ 25. É um preço menor que na safra anterior. Um ano atrás, a mesma caixa era vendida em torno de R$ 35.

(Vídeo: veja a reportagem exibida no programa em 28/02/2021)

Safra de quiabo é colhida no noroeste paulista
Safra de quiabo é colhida no noroeste paulista

Safra de quiabo é colhida no noroeste paulista

Cada produtor tem uma estratégia para diminuir as despesas e, por consequência, ter um lucro maior. A do produtor rural Francisco Aparecido Siqueira é plantar perto da cidade. A pouco mais de 50 metros da plantação de quiabo já fica a área urbana de Piacatu.

Com essa estratégia, Francisco conta que economiza de 10 a 15% nos custos, principalmente com o transporte. Já que fica mais próximo da cidade, o gasto com combustível é menor.

O técnico agrícola Dailton Bigote explica que o clima é um dos motivos para o quiabo ter se adaptado à região. O calor na maior parte do ano favorece o cultivo.

Com uma área total de 80 hectares, Piacatu é a segunda maior produtora de quiabo de São Paulo. Da região saem 1.200 toneladas por ano. Toda a produção vai para a Ceagesp da capital paulista e de lá o quiabo é distribuído para diferentes pontos do Brasil.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui