‘Que carapuça entre e haja uma correção de rumos’, diz Marco Aurélio após rejeitar ação de Bolsonaro | Blog Ana Flor

0
13


“Que a carapuça entre e que haja uma correção de rumos, porque estamos muito mal”, diz o decano do STF.

O decano afirmou que “mandou um recado educado, mas incisivo”, na decisão, que tratou do pedido do presidente contrário a medidas implantadas por governadores do Rio Grande do Sul, da Bahia e do Distrito Federal para tentar reduzir casos e mortes por Covid-19.

Na decisão, Marco Aurélio escreveu: “Ante os ares democráticos vivenciados, impróprio, a todos os títulos, é a visão totalitária. Ao Presidente da República cabe a liderança maior, a coordenação de esforços visando o bem-estar dos brasileiros”.

VÍDEOS: assista a mais notícias sobre política



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui