Profissionais de saúde passam por dificuldades para vacinar indígenas contra a Covid-19 no Amazonas | Globo Rural

0
9


Profissionais da saúde estão encontrando alguns obstáculos para realizar a vacinação da população indígena no Amazonas contra a Covid-19.

Para chegar até as aldeias, são necessárias horas de viagens pelos rios e igarapés. Nas comunidades, eles acabam tendo de improvisar salas de vacinação, além de encontrarem pessoas com medo do imunizante por causa de notícias falsas.

A campanha de vacinação para indígenas deve terminar na próxima semana. Até o momento, mais da metade dos cerca de 34 mil índios do Alto Solimões já foi vacinada.

A preocupação dos especialistas, agora, é que a variante da doença encontrada no estado chegue até as aldeias antes da vacinação estar completa e aumente o contágio entre a população nativa. A região já registrou 37 mortes de indígenas por causa da Covid-19 desde o início da pandemia e mais de 2 mil foram infectados pela doença. No total, a região abriga 70 mil índios.

Esta semana, o Ministério da Saúde enviou equipes para a terra indígena Yanomami, em Roraima. Isso acontece uma semana após a informação de que dez crianças morreram com sintomas da Covid nas comunidades Waphuta e Kataroa, na região do Surucucu, em Alto Alegre, norte do estado.

Saiba mais na reportagem completa no vídeo acima.

VÍDEOS: mais assistidos do Globo Rural



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui