Procurador-geral do Texas anuncia processo contra o Google por conduta anticompetitiva

0
20




Em anúncio feito nas redes sociais, procurador Ken Paxton, do partido republicano, disse que empresa ‘manipulou o mercado’. Google
Arnd Wiegmann/Reuterus
O procurador-geral do Texas, Ken Paxton, anunciou nesta quarta-feira (16) que irá abrir um processo em conjunto com estados americanos contra o Google por condutas anticompetitivas.
Em um vídeo publicado nas redes sociais, Paxton disse que a empresa “usou o seu poder de monopólio para controlar preços” no mercado de publicidade digital.
“O Google efetivamente eliminou sua competição e coroou a si mesmo como líder da publicidade on-line”, afirmou o procurador-geral.
O Departamento de Justiça dos EUA também processou o serviço de buscas, em ação que começou em outubro passado.
O órgão alega que a companhia abusou de seu poder para privilegiar seu sistema de busca e que detém o monopólio no mercado de anúncios nessas páginas.
Esta reportagem está em atualização.



Fonte: G1