Presidente da Previ, José Maurício Coelho, renuncia ao cargo | Economia

0
15


O presidente da Previ, José Maurício Coelho, renunciou ao cargo. O principal executivo do fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil ficará na posição até 11 de junho. Uma possível saída de Coelho já era ventilada no mercado após a troca do comando do Banco do Brasil. Seu mandato se encerraria daqui a um ano, em maio de 2022, com possibilidade de recondução.

Coelho assumiu na Previ em julho de 2018, no lugar de Gueitiro Genso. O executivo fez longa carreira no Banco do Brasil, onde ajudou a estruturar a área de mercado de capitais no fim dos anos 1990 e, mais recentemente, na criação da BB Seguridade, onde foi presidente. Na ocasião, ele foi indicado pelo então presidente do banco, Paulo Caffarelli.

A passagem do executivo da Previ se deu em meio a uma das maiores crises da história, da pandemia da covid-19, que afetou os mercados e levou o fundo de pensão a um déficit de quase R$ 24 bilhões em março do ano passado. O resultado negativo foi revertido ainda em 2020. Durante a gestão de Coelho, a Previ também reduziu o risco da carteira do Plano 1, o maior e mais maduro da fundação.

Desde 2018, o fundo fez vendas de ações que totalizaram mais de R$ 35 bilhões, visando aumentar a segurança, sem comprometer a liquidez do pagamento de benefícios. O movimento mais recente foi a redução na participação da BRF.



Fonte: G1