Preços do petróleo sobem mais de 2% com otimismo em torno de acordo da Opep+

11



O petróleo dos Estados Unidos (WTI) fechou em alta de 2,4%, a US$ 37,12 por barril. Já o petróleo Brent avançou 2,6%, para US$ 39,72 o barril. Fábrica de refino de petróleo no Texas
Mark Felix/AFP
Os preços do petróleo avançaram mais de 2% nesta segunda-feira (15), apoiados por sinais de recuperação na demanda por combustíveis e pelo cumprimento do acordo da Opep+ para cortes de oferta, que compensaram temores de que uma nova onda de coronavírus possa desacelerar ainda mais a economia global.
O petróleo dos Estados Unidos (WTI) fechou em alta de 0,86 dólar, ou 2,4%, a 37,12 dólares por barril. Já o petróleo Brent avançou 0,99 dólar, ou 2,6%, para 39,72 dólares o barril.
As cotações se recuperaram de perdas do início da sessão após o ministro de Energia dos Emirados Árabes Unidos se mostrar confiante de que os países da Opep+ que tiveram baixa adesão aos cortes de bombeamento cumprirão seus compromissos. Ele também relatou sinais de retomada na demanda por petróleo.
“Isso parece ter levado embora parte da negatividade do mercado”, disse Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group. “É o temor sobre o coronavírus versus a realidade, o que está acontecendo.”
Um painel de monitoramento liderado pela Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) vai se reunir na quinta-feira para discutir se os signatários do pacto entregaram as parcelas com que se comprometeram nos cortes de oferta.
Enquanto isso, o Iraque chegou a um acordo com suas maiores petroleiras para ampliar os cortes de bombeamento em junho, disseram à Reuters no domingo autoridades que trabalham nos enormes campos de petróleo do sul do país.


Fonte: G1