Preços do petróleo caem com aumento no número de casos de Covid-19 | Economia

0
20


Os preços do petróleo recuaram nesta quarta-feira (13), devolvendo alguns ganhos recentes, por preocupações de que o avanço da Covid-19 em todo o mundo afete a demanda global por combustíveis.

O mercado, apesar disso, encontrou suporte nos dados semanais de estoques dos Estados Unidos, que mostraram uma queda nas reservas da commodity e um aumento na produção das refinarias.

O petróleo Brent fechou em queda de 0,52 dólar, ou 0,9%, a US$ 56,06 por barril, enquanto o petróleo dos EUA (WTI) recuou 0,30 dólar, ou 0,6%, para 52,91 dólares o barril.

A demanda por combustíveis se recuperou do choque visto no ano passado, diante da piora da pandemia de Covid-19, mas governos seguem impondo restrições de circulação, o que deve limitar a demanda por energia por meses, segundo analistas.

Estados Unidos batem recorde de mortes diárias por Covid

Estados Unidos batem recorde de mortes diárias por Covid

“Embora eu veja os preços do petróleo operando em nível mais alto nos próximos meses, os investidores precisam manter em mente que o caminho para uma demanda maior por petróleo e preços mais altos será esburacado”, disse Giovanni Staunovo, analista de petróleo do UBS.

Os estoques de petróleo dos EUA recuaram pela quinta semana consecutiva, registrando queda de 3,2 milhões de barris na semana passada, acima das expectativas de analistas ouvidos por pesquisa da Reuters, que apontavam para recuo de 2,3 milhões de barris, à medida que as refinarias aumentam a produção, disse a Administração de Informação sobre Energia (AIE).

Vídeos: Últimas notícias de economia



Fonte: G1