Preço médio do aluguel residencial fica estável após 5 meses de queda, diz FipeZap | Economia

0
16


O preço médio dos novos alugueis residenciais se manteve próximo da estabilidade no último mês de novembro, interrompendo uma sequência de 5 meses de queda. Segundo o Índice FipeZap divulgado nesta quinta-feira (17), o valor de locação subiu 0,03%.

Com o leve aumento, a variação ficou abaixo da inflação registrada pelo IPCA, de 0,89%, e pelo IGP-M, de 3,28%. De acordo com o FipeZap, a variação de novembro refletiu o equilíbrio das altas e baixas entre as cidades monitoradas.

Em Goiânia (GO), por exemplo, o preço médio subiu 1,17%, enquanto em Belo Horizonte (MG) a queda foi de 0,90%. Rio de Janeiro (RJ) registrou alta de 0,07%, contra baixa de 0,16% em São Paulo (SP).

Considerando o acumulado dos últimos 12 meses, a alta foi de 2,32% – ainda abaixo da inflação medida pelo IPCA (4,31%) e pelo IGP-M (24,52%).

Pela variação do índice ficar abaixo da inflação, houve uma queda real do preço médio do aluguel residencial em novembro, ficando em R$ 30,35/m².

Entre as 11 capitais monitoradas, São Paulo permaneceu com o maior valor (R$ 40,10/m²), seguida de Brasília (R$ 32,36/m²), Recife (R$ 31,13/m²) e Rio de Janeiro (R$ 30,48/m²). O menor preço médio ficou em Fortaleza, R$ 17,26/m²).

Nas demais cidades, Barueri e Santos (SP) são os destaques com os valores mais altos, de R$ 37,30/m² e R$ 34,18/m², respectivamente. O menor está em Pelotas (RS), com R$ 14,87/m².

VÍDEOS: veja as últimas notícias de economia



Fonte: G1