Preço do barril do petróleo nos EUA tem máxima de 1 ano com redução em estoques | Economia

0
11


Os preços do petróleo avançaram quase 2% nesta quarta-feira (3), com a referência norte-americana registrando o maior nível de fechamento em um ano, após os estoques da commodity nos Estados Unidos recuarem para o patamar mais baixo desde março.

Os contratos futuros do petróleo dos EUA (WTI) fechou em alta de 0,93 dólar, ou 1,7%, a US$ 55,69 por barril, máxima desde 22 de janeiro de 2020, depois de tocarem a marca de US$ 56,33 durante a sessão.

Fábrica de refino de petróleo no Texas — Foto: Mark Felix/AFP

O petróleo Brent avançou US$ 1, ou 1,7%, para US$ 58,46 o barril, maior patamar desde 21 de fevereiro de 2020.

Ambas as referências também estão no “backwardation” mais acentuado em um ano. Isso ocorre quando os contratos para entrega no curto prazo são mais caros que os mais distantes, um sinal de demanda no momento e de expectativas de oferta mais apertada adiante. O atual contrato do WTI é negociado US$ 2,30 acima do contrato que expira seis meses mais tarde.

Os estoques de petróleo dos EUA recuaram para 475,7 milhões de barris na semana passada, disse a Administração de Informação sobre Energia (AIE), o que representa o menor nível desde março. A taxa de utilização das refinarias avançou em 0,6 ponto percentual.

“As refinarias estão de volta ao jogo, o que é positivo para o petróleo”, disse Phil Flynn, analista sênior do Price Futures Group em Chicago.

Vídeos: Últimas notícias de economia



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui