Polícia Federal prende no Ceará homem suspeito de participar de ataque virtual ao STF | Política

0
11


A Polícia Federal prendeu nesta terça-feira (31) um homem suspeito de participar de ataques cibernéticos ao site do Supremo Tribunal Federal (STF). O mandado de prisão preventiva foi cumprido em Fortaleza, no Ceará.

A tentativa de invasão aconteceu em maio deste ano e tirou o site do STF do ar. À época, técnicos da Corte informaram que não foram acessadas informações sigilosas nem houve sequestro do ambiente virtual, como aconteceu com o portal do Superior Tribunal de Justiça (STJ) em 2020.

Segundo a PF, o homem preso nesta terça já foi alvo da segunda fase da operação LEET, deflagrada no último dia 11, na qual os agentes cumpriram dois mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro e no Ceará. Na ocasião, os investigadores apreenderam equipamentos eletrônicos de suspeitos de participarem do ataque virtual.

PF prende dois suspeitos do ataque hacker em maio ao sistema do STF

PF prende dois suspeitos do ataque hacker em maio ao sistema do STF

“A análise do material apreendido nos autos do inquérito policial levou à identificação de elementos de prova que, além de confirmar sua participação nos ataques ao STF, demonstrou que o investigado rotineiramente praticava crimes cibernéticos contra instituições públicas e privadas”, disse a PF em nota.

A Polícia Federal disse que o suspeito preso nesta terça (31) também é investigado na operação CAPTURE THE FLAG, deflagrada em junho do ano passado, que apura a invasão de bancos de dados de órgãos públicos.

O investigado deve responder pelos crimes de invasão de dispositivo informático e associação criminosa.

VÍDEOS: notícias sobre política



Fonte: G1