Petróleo fecha em alta com dados do mercado de trabalho dos EUA

0
11



Dados acima do esperado do chamado ‘payroll’ continuam dando suporte à percepção de que a recuperação econômica americana segue firme. Os contratos futuros do petróleo fecharam em alta nesta quinta-feira (2), impulsionados pelos dados acima do esperado do mercado de trabalho americano (o chamado “payroll”), que continuam dando suporte à percepção de que a recuperação econômica americana segue firme.
O contrato do petróleo Brent para setembro fechou em alta de 2,64%, a US$ 43,14 por barril na ICE, em Londres, enquanto o do WTI para agosto avançou 2,08%, a US$ 40,65 por barril, na Bolsa de Mercadorias de Nova York.
Fábrica de refino de petróleo no Texas
Mark Felix/AFP
De acordo com dados divulgados mais cedo, os Estados Unidos criaram 4,8 milhões de vagas de emprego em junho, de acordo com o relatório oficial de emprego, levando a taxa de desemprego a 11,1%, de 13,3% em maio. O resultado superou a expectativa de economistas consultados pelo “Wall Street Journal”, que esperavam a geração de 2,9 milhões de vagas no período.
Além do “payroll”, o Departamento do Trabalho dos EUA informou também que o número de pedidos iniciais de seguro-desemprego caiu a 1,427 milhão na semana passada. O resultado ficou acima da expectativa de consenso, que apontava para 1,38 milhão de pedidos, e mostrou apenas uma ligeira desaceleração em relação aos números da semana anterior, quando 1,482 milhão de pedidos iniciais foram efetuados.
Os preços da commodity já operavam em alta no começo desta quinta, porém ainda refletindo a queda surpreendente de 7,2 milhões de barris nos estoques americanos, na semana passada – dado divulgado ontem pelo Departamento de Energia (DoE) dos EUA.


Fonte: G1