Petrobras: Moody’s critica decisão de Bolsonaro de trocar CEO da estatal | Economia

0
12


É provável que a mudança de presidente da Petrobras acarrete também em mudanças no conselho de administração e na alta administração da empresa, o que interromperá o trabalho executivo, diz a agência. A estratégia desafiadora da Petrobras inclui reduzir a dívida de US$ 80 bilhões em setembro de 2020 para US$ 60 bilhões no final de 2022.

A empresa tem vendido ativos, incluindo refinarias, para ajudar a reduzir a alavancagem financeira. “Acreditamos que o processo de venda das refinarias será atrasado, mas não totalmente interrompido, devido à natureza de longo prazo das aquisições e porque o risco de interferência do governo nos preços dos combustíveis no Brasil permaneceu inalterado”, diz o relatório.

No entanto, diz a Moody’s, é importante que a Petrobras melhore suas métricas de crédito, visto que seus negócios são vulneráveis aos preços das commodities e a empresa enfrenta um risco crescente de transição de carbono.

Troca na Petrobras:
Troca na Petrobras:

1 min Troca na Petrobras: ‘Não vejo que vá prejudicar demais isso ai’, diz Mourão sobre movimentação no mercado

Troca na Petrobras: ‘Não vejo que vá prejudicar demais isso ai’, diz Mourão sobre movimentação no mercado

O vice-presidente Hamilton Mourão falou sobre a movimentação no mercado financeiro nesta segunda-feira (22), motivada pelo anúncio da troca de comando da Petrobras.

O presidente nomeado, Joaquim Silva e Luna, é um ex-general do exército brasileiro que serviu como ministro da Defesa de fevereiro de 2018 até janeiro de 2019. Em fevereiro de 2019 ele se tornou o presidente da Itaipu Binacional, uma usina hidrelétrica que gera 15% da energia que o Brasil consome.

A Petrobras é uma empresa integrada de energia, com ativos totais de US$ 171 bilhões em setembro de 2020 e receita de cerca de US$ 60 bilhões nos 12 meses encerrados em setembro de 2020. A companhia também domina a produção de petróleo e gás natural, bem como o refino e comercialização e refino no Brasil.

A empresa também detém uma participação significativa em petroquímica e distribuição e usinas de energia. O governo brasileiro possui direta e indiretamente sobre 36,75% do capital social em circulação da Petrobras e 50,5% do capital votante.

A Moody’s lembrou que desde 2018 os caminhoneiros brasileiros pressionam fortemente para manter os preços dos combustíveis inalterados. Naquele ano, inclusive, uma greve nacional de 10 dias motivada pelo aumento dos preços dos combustíveis também desencadeou na mudança do presidente da Petrobras.

Vídeos: Mudança da presidência da Petrobras



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui