Petrobras concluirá venda de refinarias no primeiro semestre de 2022, diz diretora | Economia

0
32


A Petrobras concluirá a venda de todas as refinarias incluídas no processo de desinvestimento até o primeiro semestre de 2022, afirmou nesta quarta-feira (2) Anelise Lara, diretora executiva de Refino e Gás Natural, durante a conferência Rio Oil&Gas. Segundo ela, a estatal pretende “ter pelo menos alguns desses desinvestimentos fechando ao final do ano que vem”.

Executivos da petroleira disseram nesta semana que a perspectiva é receber todo o valor esperado pelas refinarias até o fim de 2021. Até o momento, a refinaria com processo de venda mais adiantado é a refinaria Landulpho Alves (Rlam), na Bahia. A empresa negocia a venda com o fundo soberano Mubadala, de Abu Dhabi. A transação já está em fase de aprovações internas e deve ser fechada até janeiro.

A Petrobras também já recebeu ofertas pela Refinaria Isaac Sabbá (Reman), no Amazonas, pela Lubrificantes e Derivados de Petróleo do Nordeste (Lubnor), no Ceará, e pela Unidade de Industrialização do Xisto (SIX), no Paraná.

Na próxima semana, serão recebidas ofertas vinculantes para a vendas da Refinaria Alberto Pasqualini (Refap) no Rio Grande do Sul e da Refinaria Presidente Getúlio Vargas (Repar) no Paraná. Já a Refinaria Gabriel Passos (Regap), em Minas Gerais, e a Refinaria Abreu e Lima (Rnest), em Pernambuco, devem receber ofertas no primeiro trimestre de 2021.

Assista às últimas notícias de Economia:



Fonte: G1