Pela 2ª vez em pouco mais de um mês, Fiat determina férias coletivas para funcionários da fábrica de Betim, na Grande BH

0
27




Segundo a empresa, o motivo é um ajuste na produção de componentes, como aço e eletrônicos. Medida começa a valer a partir do dia 19 de abril e envolve cerca de 2 mil empregados. Fábrica da Fiat em Betim (MG)
Patrícia Fíuza/G1
A montadora Fiat anunciou férias coletivas para quase dois mil funcionários da fábrica de Betim, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A medida começa a valer a partir do dia 19 de abril.
Esta é a segunda vez em pouco mais de um mês que a empresa adota a medida. No dia 10 de março, 602 funcionários tiveram férias coletivas por 12 dias.
De acordo com a montadora, a decisão tem o objetivo de “adaptar o ritmo de produção às condições atuais de volume e regularidade de fornecimento de componentes”.
As férias coletivas vão durar 10 dias e irão atingir parte dos trabalhadores do segundo turno de produção.
“A empresa continua em contato e em negociação com seus fornecedores para normalizar os fluxos de suprimentos”, disse a Fiat.
A medida é diferente do esquema layoff, implementado pela General Motors (GM) na fábrica de São José dos Campos (SP) no dia 8 de março, quando há suspensão temporária dos contratos de trabalho.
Veja os vídeos mais assistidos do G1 Minas



Fonte: G1