Os desafios da contabilidade com a adoção do home office – Jornal Contábil

A pandemia da Covid-19 trouxe desafios e tendências a nível mundial, como, por exemplo, a necessidade de reorganização do trabalho para atender a urgência do isolamento físico.

Distante de ser um termo novo, ou uma nova modalidade de trabalho, o teletrabalho, ou trabalho remoto, ou até mesmo home office, tornou-se uma expressão popular no Brasil. E foi mais além: tornou-se a alternativa dos escritórios e empresas durante o período de isolamento para tocarem seus negócios. 

Apesar dos transtornos causados pela covid-19, o home office funcionou tão bem que muitos o adotaram definitivamente. No ramo contábil, não foi diferente. Até hoje, muitos contadores mantêm suas tarefas de casa. 

Todavia, quais são os desafios de obter o sucesso em tempos de home office? Quais os prós e contras? Como manter uma rotina trabalhando distante do ambiente laboral? Acompanhe a leitura. 

O que é o home office?

Ainda que existam diferenças específicas entre os termos, o home office é tratado como trabalho remoto, trabalho a distância ou “teletrabalho”, como consta na Reforma Trabalhista.

Em termos legais, no artigo 75-B da CLT diz que “considera-se teletrabalho a prestação de serviços preponderantemente fora das dependências do empregador, com a utilização de tecnologias de informação e de comunicação”.

Mas veja bem: home office não é o mesmo que trabalho externo. O home office na contabilidade é a opção de desenvolver em casa ou em outro ambiente o mesmo trabalho que poderia ser feito no escritório.

Por outro lado, o trabalho externo só é possível de ser realizado fora do ambiente do escritório, como serviços de entrega de documentos, venda externa, dentre outros.

Como funciona o home office na contabilidade?

Assim como em outros setores da economia, o home office na contabilidade foi impulsionado pela necessidade de distanciamento social provocada pela covid-19.

Alguns estudos sugerem que, apesar das dificuldades de adaptação, o home office funcionou bem e veio para ficar. 

Uma pesquisa com 213 empresas revelou que 91% dos funcionários avaliaram a experiência do home office como ótima ou boa.

Mas o confinamento forçado também teve seus desafios, dentre os quais, destacam-se:

  • Disponibilidade de equipamentos
  • Adaptação dos funcionários
  • Conexão de internet.

Contudo, graças a tecnologia, a contabilidade é um dos serviços que podem ser desempenhados remotamente sem perda de qualidade. Por meio do home office contábil, reuniões podem acontecer por videoconferência, documentos podem ser arquivados em nuvem e assinaturas podem ser colhidas digitalmente.

Do ponto de vista técnico, não há obstáculos intransponíveis que comprometam a qualidade do trabalho do profissional de contabilidade fora do escritório. O crescimento da contabilidade on-line, baseada em plataformas digitais, teve um aumento surpreendente.

Apesar dos desafios, o home office na contabilidade tem muitas vantagens, tanto para o escritório quanto para os colaboradores. Dentre as principais, podemos destacar as seguintes:

Flexibilidade de horário

Por meio do home office, os colaboradores têm mais flexibilidade em seus horários, podendo administrá-lo melhor. O tempo também é melhor otimizado, pois não é preciso depender de transporte e nem mesmo ficar preso em trânsito.

Todavia é necessário que as tarefas sejam distribuídas de maneira organizada. O trabalho remoto dá ao profissional mais autonomia para executar suas funções de maneira conveniente.

Mais conforto

Trabalhando de casa, o profissional contábil tem mais horas de sono (afinal não é preciso deslocamento) e mais liberdade de gerenciar os intervalos de descanso com mais qualidade. Claro, sem deixar de  comprometer o desenvolvimento e a qualidade do serviço.

Otimização do trabalho

Quando o profissional tem acesso a uma internet estável e de boa velocidade e a equipamentos de qualidade, o home office pode resultar inclusive em mais produtividade.

Longe da agitação do escritório, é possível que o contador tenha mais concentração e consiga ser mais eficiente. Para o trabalho fluir bem, contudo, é preciso autodisciplina para não perder tempo com as distrações do ambiente doméstico ou das redes sociais.

Redução nos gastos

A redução de gastos, tanto para a empresa quanto para o colaborador, também é um ponto positivo para o home office na contabilidade. Mesmo que o trabalho remoto aconteça apenas alguns dias na semana, a economia com alimentação fora de casa e deslocamento fazem diferença.

Quais as desvantagens da contabilidade no home office?

Embora quem adote o home office identifique maior produtividade, essa é uma questão que varia conforme o colaborador. Depende da forma como ele se organiza e prepara o próprio ambiente de trabalho. Afinal, se não tiver um espaço adequado em casa, distrações não vão faltar. E elas em nada ajudam qualquer profissional a ser mais produtivo.

Para dar certo, é preciso também que haja transparência e confiança. Permitir o trabalho em casa não significa liberar das tarefas. Se não houver metas individuais e coletivas, facilmente o profissional perde o foco. E em uma atividade que exige tanta concentração, como a contabilidade, isso pode ser fatal.

Como deve ser a atuação dos contabilistas em home office? 

Estabelecer prioridades. Essa é a meta que pode ajudar os contabilistas no rendimento do seu trabalho com o home office. O ideal é ter uma rotina bem parecida com a que tinha quando saía de casa cedo para chegar no tempo certo no seu escritório. Tenha esses hábitos consigo ainda. Estabeleça horários de início, pausa e fim, mesmo trabalhando de casa.

Se o profissional trabalha em equipe, coloque todos os componentes a par da situação da importância de se definirem prioridades, mesmo trabalhando de casa. Como a equipe não estará reunida em um mesmo espaço, a comunicação precisa ser muito clara.

As equipes precisam ter suas rotinas estabelecidas, de forma periódica. As conversas realizadas individualmente e com reporte diário, para poder acompanhar o progresso de toda a equipe. Assim como é feito no ambiente físico de trabalho.

A videoconferência é um recurso que deve ser utilizado com frequência, para conversar com todos da equipe. Todas as metas têm que ser cumpridas, afinal todos os clientes merecem ter a mesma atenção que tinham quando era atendido dentro do seu escritório ou recebia a sua visita enquanto contabilista da empresa dele.

Desafios a serem superados 

Os desafios de um contador que quer ganhar espaço no mercado de trabalho e ter sucesso na carreira ainda mais em home office, são muitos. Principalmente por que o setor contábil passa por constantes mudanças em sua rotina, seja com as normas legais ou com os sistemas do Fisco.

Por isso, o profissional que busca destaque precisa estar preparado. Algumas dicas que podemos dar são:

Estar sempre em sintonia com as atualizações legais e até mesmo do mercado contábil. A legislação brasileira sofre ajustes com frequência, ao passo que, da mesma forma ocorre com as práticas e atividades relacionadas a ela. Por esse motivo, o contador deve estar antenado, para se moldar às leis e aos métodos atuais necessários para a prestação de serviços, mesmo estando em casa..

Manter o ritmo de trabalho

Outra boa dica é manter um ritmo de trabalho. O contador lida com compromissos, clientes, prazos, cálculos e documentos diversos, todos essenciais para o bom andamento do seu trabalho.

Desta forma, é preciso priorizar e buscar modernizar a prestação de serviços que são fundamentais para que o trabalho tenha rendimento e, assim, aumentar a produtividade. Atualmente, há várias ferramentas digitais que auxiliam na gestão, bem como, contribuem para o contador agilizar e simplificar as tarefas do seu dia a dia.

Tecnologia

Por fim, e não menos importante, investir em tecnologia. A área contábil é uma das mais beneficiadas com recursos tecnológicos que auxiliam o trabalho do profissional. O desafio, então, é se adaptar a essas inovações. 

Neste contexto, as mudanças acontecem em muitos segmentos, envolvendo tributos e verbas trabalhistas, por exemplo. O contador precisa acompanhar as mudanças digitais e tecnológicas a fim de garantir uma prestação de serviços que atenda a todas as normas especificadas. 

Afinal, é comum que os clientes busquem esse profissional justamente por não conseguirem lidar com essas questões.

Dica Extra: Já imaginou aprender 10 anos de Prática Contábil em poucas semanas?

Conheça um dos programas mais completos do mercado que vai te ensinar tudo que um contador precisa saber no seu dia a dia contábil, como: Rotinas Fiscais, Abertura, Alteração e Encerramento de empresas, tudo sobre Imposto de Renda, MEIs, Simples Nacional, Lucro Presumido, enfim, TUDO que você precisa saber para se tornar um Profissional Contábil Qualificado.

Se você precisa de Prática Contábil, clique aqui e entenda como aprender tudo isso e se tornar um verdadeiro profissional contábil.

Fonte: Jornal Contábil