Óleo de Ozônio, para que serve?

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

O óleo ozonizado é uma espécie de medicamento “natural”, com diversas utilidades e com bastante popularidade pelo mundo. Criado a partir de óleo vegetal e de gás ozônio, conheça um pouco mais desse aliado da saúde.

O que é o Óleo de Ozônio?

Basicamente, é uma mistura, onde se aplica ozônio num óleo vegetal poli-insaturado, por exemplo, o óleo essencial de laranja doce. Com isso, acontecem reações químicas entre o ozônio e os carbonos do óleo, formando moléculas diferentes, como ozonídeos e peróxidos, que acrescentam efeito antimicrobiano e bioestimulador aos óleos.

Outra característica interessante desses óleos é que eles preservam propriedades do Ozônio benéficas à saúde, como as ações antissépticas, anti-inflamatórias, e analgésicas, o que deixa o uso desses produtos bem mais interessantes.

Sobre a matéria prima, é possível utilizar qualquer óleo de boa qualidade, os mais usados são azeite e óleo de girassol, além dos orgânicos e outros de baixa acidez como o de coco e o de gergelim. O ozônio é produzido industrial aumente através do oxigênio.

Por fim, seu uso é muito eficiente e com poucas contraindicações, não atoa já é utilizado em outros continentes e regiões desde meados do século XX.

Para que serve o óleo de ozônio?

Então, esse óleo de uso tópico (aplicação na pele) tem MUITAS utilidades mesmo. Uma delas é o uso em ferimentos, cortes, arranhões, infecções, etc. Age contra os patógenos (desinfecção) e o oxigênio que o óleo libera ajuda o corpo na cicatrização da ferida.

Além disso, serve para outros tratamentos na pele, como úlceras, queimaduras, estrias, seborreia, psoríase, até mesmo herpes e muitos outros. Tudo isso por conta das ações contra fungos, vírus e bactérias.

Ainda, os óleos ozonizados ajudam na ativação da microcirculação, o que permite que eles possam ser usados em massagens na pele visando a diminuição de varizes e estrias, como dito anteriormente.

No viés estético, é possível utilizar os óleos como desodorante natural, hidratante corporal e demaquilante. Também pode atuar na redução de celulites e rugas.

Por fim, existem muitas outras aplicações, inclusive problemas de saúde mais sérios tais como: hemorroidas, carbúnculos, escaras, micoses ou disfunções nas glândulas sebáceas.

Para encerrar este tópica, uma pequena lista de outras indicações que os óleos ozonizados podem ajudar:

  • Pé de atleta;
  • Lábios rachados;
  • Dermatite/Eczema;
  • Assaduras;
  • Dor de ouvido;
  • Picadas de insetos;
  • Desintoxicação do fígado;
  • Dores de dente;
  • Caspa;
  • Acne;

Agora veja um pouco mais sobre os óleos ozonizados.

Contraindicações do óleo de ozônio

Basicamente, a maior contraindicação é para quem possui alergia ao composto do óleo vegetal, ex.: oliva, coco, girassol, gergelim, etc. Essas pessoas não poderão ter contato tópico com o óleo ozonizado.

Também não há problema ingerir pequenas quantidades ao utilizar os óleos de ozônio nas gengivas, isto não se mostrou ter nenhum malefício.

No mais, é um produto bem natural, sem muitas reações adversas, não problema ser utilizado por mulheres gestantes, pessoas idosas e até crianças, sendo, inclusive, incentivado por conta dos numerosos benefícios.

Curiosidades do óleo de ozônio

Fato curioso é que o óleo de ozônio também pode ser utilizado na medicina veterinária, para o tratamento de diversos animais, de pequeno e grande porte, com diversas utilidades, tais como:

  • Mastites (infecção no úbere), que é um dos principais problemas da pecuária leiteira;
  • Dermatites e alergias variadas;
  • Infecções na pele;
  • Cicatrização de feridas agudas e crônicas.

Além disso, é bastante utilizado na odontologia, em muitas especialidades, alguns exemplos de uso são: fístulas, osteonecrose, osteomielites, tratamento de bolsas periodontais e vários outros.

Por fim, outra “curiosidade” é que diferentes óleos terão propriedades diferentes, apesar de que todos são recomendamos, cada vegetal de origem terá uma finalidade melhor que o outro.

Experimente a ozonoterapia

Agora que você sabe mais sobre os óleos de ozônio, que tal dar uma chance para os benefícios da ozonoterapia? Conheça mais sobre esse mundo e aproveite para melhorar sua saúde.

Esperamos que esse texto tenha sido útil, obrigado por ler até aqui e até a próxima.

__________

Todas as nossas reportagens estão em constante atualização. Quem entender (pessoas físicas, jurídicas ou instituições) que tem o direito de resposta acerca de quaisquer de nossas publicações, por ter sido citado ou relacionado a qualquer tema, pode enviar e-mail a qualquer momento para [email protected]

  • ©Plantão dos Lagos
  • Fonte: Redação / Plantão
  • Fotos: divulgação