Nuvem de gafanhotos se afasta do Brasil, e governo da Argentina prepara novo controle

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp




Parte dos insetos foi encontrada na cidade de Esquina, dentro da província de Corrientes, um pouco mais longe da fronteira argentina com o Brasil e com o Uruguai. Técnico do governo argentino observa gafanhotos em árvore localizada em Esquina, na província de Corrientes
Senasa/Divulgação
Parte da nuvem de gafanhotos foi localizada por técnicos do governo da Argentina na tarde desta terça-feira (30) na cidade de Esquina, ainda dentro da província de Corrientes. Segundo mapa divulgado, a nuvem se afastou um pouco do Brasil e do Uruguai (veja no mapa abaixo).
Mapa do governo argentino mostra afastamento da localização da nuvem do Brasil
Senasa/Divulgação
Para chegar localizar os insetos, os profissionais do Serviço Nacional de Sanidade e Qualidade Alimentar da Argentina (Senasa) tiveram que chegar ao local à cavalo.
Devido à dificuldade no acesso ao local onde estão os insetos, técnicos argentinos precisaram chegar à cavalo
Senasa/Divulgação
Segundo o governo local, se as condições climáticas desta quarta-feira (1) permitirem, serão feitas novas aplicações de inseticidas por aviões.
Brasil tem plano de ação
O Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) afirma que entregou ao Ministério da Agricultura na terça-feira a proposta de um plano nacional permanente contra pragas de gafanhotos no Brasil.
“O material vinha sendo elaborado desde a última semana, a pedido do próprio Mapa, e agora deve ser avaliado pelos técnicos do Ministério para compor uma estratégia oficial definitiva.”
Governo de SC afirma que nuvem de gafanhotos se afastou da fronteira com o Brasil
Também na terça-feira, o Ministério da Agricultura concedeu autorizações emergenciais e temporárias para uso de alguns inseticidas biológicos contra pragas de gafanhotos.
Em portaria no Diário Oficial da União, o ministério ainda estabeleceu diretrizes para a elaboração de planos de supressão da praga de gafanhotos, que deverão ser estabelecidos por órgãos estaduais a partir de diretrizes federais.
Initial plugin text



Fonte: G1