Número de pedidos de seguro-desemprego nos EUA cai e é o menor desde março

0
16



Apesar do recuo, número segue várias vezes superior à média anterior à pandemia. O número de norte-americanos que solicitaram auxílio-desemprego registrou queda na última semana, para o menor patamar desde meados de março, quando teve início a escalada dos pedidos.
Na semana encerrada em 1º de agosto, o número de pedidos foi de 1,186 milhão, 249 mil a menos que na semana anterior, segundo dados divulgados nesta quinta-feira (6) pelo Departamento do Trabalho dos Estados Unidos. O número de pedidos da semana terminada em 25 de julho foi revisado para 1,434 milhão.
Apesar da queda, o número ainda é várias vezes superior à média anterior de pedidos. Na semana encerrada em 14 de março – antes da disparada de pedidos – foram 282 mil.
Pedidos semanais de seguro desemprego nos EUA
Economia G1
Com o resultado da semana passada, o número total de novos pedidos desde meados de março, quando houve uma aceleração brusca do indicador, já soma 55,3 milhões.
Contração recorde
A economia dos Estados Unidos sofreu uma contração recorde de 32,9% no segundo trimestre de 2020, segundo dados anualizados divulgados nesta quinta-feira (30) pelo escritório oficial de estatísticas do Departamento do Trabalho (BEA). No trimestre anterior, a queda havia ficado em 5%.
Foi a maior contração desde a Grande Depressão, no início do século passado, conforme a pandemia atingiu fortemente os gastos das famílias e das empresas. A queda também representa mais do triplo do recuo de 10% registrado no segundo trimestre de 1958 – a maior queda já vista desde então.


Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui