Notas de libra esterlina serão modificadas após a morte da rainha Elizabeth II | Economia

Durante o longo reinado de Elizabeth II, muitos dos símbolos britânicos passaram a levar seu rosto, brasão e iniciais. Uma das principais é a moeda corrente, a libra esterlina.

Com a morte da rainha, as novas notas passarão a levar a imagem do herdeiro, o rei Charles III. A fotografia será escolhida e aprovada pelo Palácio de Buckingham, ainda sem prazo definido.

Segundo o jornal “The Guardian”, há cerca de 4,5 bilhões de cédulas em circulação com o rosto da rainha, no valor combinado de 80 bilhões de libras. Isso significa que levará cerca de dois anos para que toda a substituição seja concluída.

Operação

Operação ‘London Bridge’: entenda a despedida de Elizabeth II e nomeação do novo rei

“Quando a rainha subiu ao trono em 1952, o monarca não aparecia nas notas. Isso mudou em 1960, quando o rosto de Elizabeth II começou a aparecer em notas de 1 libra em uma imagem criada pelo designer de notas Robert Austin”, diz o jornal.

No caso de moedas, é comum na Europa ter monarcas diferentes em circulação por bastante tempo, pois não é feito um recall para retirá-las do mercado.

Além do dinheiro do Reino Unido, a rainha Elizabeth II aparece em algumas notas de US$ 20 no Canadá, em moedas na Nova Zelândia e em todas as moedas e notas emitidas pelo banco central do Caribe Oriental, além de outras partes da Commonwealth.

Fonte: Portal G1