Multitarefas no home office: o que você faz no horário de trabalho quando ninguém está olhando? | Concursos e Emprego

0
10


Houve um tempo em que ser ‘multitarefa’ era dar conta de escrever um relatório, responder e-mail do chefe e falar com cliente ao telefone ao mesmo tempo. Mas isso foi antes da pandemia…

Além de transformar moletom e camiseta em roupa de trabalho, o ano de home office ‘pandêmico’ mudou bastante a lista das ‘multitarefas’ que os profissionais desempenham durante o expediente, e ela hoje inclui uma série de atividades domésticas. Quem nunca colocou comida no fogo ou recebeu uma encomenda enquanto trabalhava, que atire o primeiro currículo.

Somos quase todos ‘culpados’ dessa transgressão. Já perdi a conta de quantas vezes precisei colocar o celular conectado à reunião no bolso para atender à campainha de casa, ou parei alguns minutos para alimentar a cachorrinha (desculpa, chefe!).

A confusão entre o espaço pessoal e o profissional já criou algumas situações inusitadas: em dezembro, o então técnico do time britânico Tottenham, o português José Mourinho, concedia uma entrevista ao vivo, quando foi surpreendido pelo som da máquina de lavar roupas do repórter, que participava à distância, via áudio, da coletiva (assista abaixo).

Para quem tem filhos, a dificuldade é dobrada: nem sempre os rebentos entendem que mamãe e papai estão ocupados, e por vezes querem atenção em momentos, digamos, delicados – como aconteceu com uma professora que dava uma entrevista ao vivo e foi interrompida pela entrada da filha (muito fofa, por sinal).

A verdade é que ano de pandemia já viu de tudo.

Tem os básicos: quem aproveita os intervalos (ou uma escapadinha) para fazer comida, lavar louça, cuidar das plantas, colocar roupa na máquina, receber uma encomenda (quem nunca?).

E tem gente que gosta de correr riscos: cortar as unhas durante a reunião? ✓. Fazer máscara facial durante o expediente? ✓. Pintar as unhas? ✓. Fazer compras pela internet, assistir jogo de futebol, ver um capítulo da novela? ✓, ✓, ✓. A lista é longa.

“O importante é não ser pego”, brinca o especialista em gestão do capital humano e neurocomportamento Roberto Recinella.

Brincadeiras à parte, Recinella não vê problemas em desempenhar algumas atividades domésticas ou pessoais ao longo do dia de trabalho – desde que as coisas não se misturem (e que você deixe para cortar as unhas quando não estiver no meio de uma reunião virtual).

“Qualquer coisa que a pessoa for fazer no home office, tem que estar planejada. Faz parte da sua atividade”, explica. O segredo é manter a disciplina e o foco: quando planejar seu dia, inclua as atividades profissionais e pessoais – e se programe para que uma não atrapalhe a outra.

Quem trabalha em frente ao computador precisa fazer pausas frequentes, para se movimentar e descansar os olhos. É nesses intervalos que é possível “encaixar” algumas tarefas rápidas – desde que você perceba que não está interferindo na sua produtividade.

“Dá pra picar o legume naquele intervalo do trabalho, regar a planta. Você não está enrolando. Mas não pode se levantar e se perder pela casa. Às vezes você começa a fazer um monte de coisas que não precisava fazer naquela hora”, alerta Recinella.

E o que fazer se a campainha tocar no meio da reunião e não tiver mais ninguém para atender? “É uma coisa meio maliciosa, mas você pode desligar a câmera, vai lá, atende e volta. Fica ouvindo a reunião pelo celular e, se tiver que falar, você fala. Mas não atrapalhou isso. É uma coisa muito pontual”.

Ufa, obrigada, Recinella (viu, chefe?).



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui