Minério de ferro sobe com expectativa de alívio das tensões EUA-China

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp

Por Naveen Thukral

(Reuters) – Os contratos futuros de minério de ferro na bolsa de Dalian subiram nesta terça-feira, com o mercado em alta pela primeira vez em quatro sessões devido às expectativas de tarifas mais baixas dos EUA sobre produtos chineses, embora os temores de uma recessão global tenham limitado os ganhos.

As ações asiáticas tiveram seu melhor dia em uma semana. Dados econômicos positivos e indícios de alívio das tensões sino-americanas ofereceram algum alívio após os recentes sell-offs, embora os temores de uma inflação altíssima tenham amenizado o clima. [MKTS/GLOB]

O minério de ferro mais negociado na bolsa de commodities de Dalian fechou em alta de 1,4%, a 742,5 iuanes (110,87 dólares) a tonelada. Na Bolsa de Cingapura, o contrato para o próximo mês subiu 3,1%, para 112,05 dólares a tonelada.

“Vale destacar que a demanda por aço na China aumentou em junho, com o relaxamento dos lockdowns em Xangai”, escreveu o analista do Commonwealth Bank of Australia, Vivek Dhar, em nota.

“A política de zero Covid da China, no entanto, levantou dúvidas se esse nível de crescimento da demanda pode ser sustentado. Os preços do minério de ferro também terão que enfrentar restrições à produção de aço ainda este ano, devido à política de reduzir a produção de aço em 2022”.

Oferecendo uma breve pausa aos mercados, saíram notícias de que o presidente dos EUA, Joe Biden, estava inclinado a uma decisão de aliviar tarifas sobre produtos da China, bem como de que o vice-primeiro-ministro chinês, Liu He, conversou com a secretária do Tesouro dos EUA, Janet Yellen.








Fonte: Mix Vale