Juros futuros encerram em forte alta em meio a ruídos políticos | Economia

0
11


Comentários supostamente feitos pelo ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho (PSDB-RN), sobre o Renda Cidadã e o trabalho do ministro da Economia, Paulo Guedes, mantiveram no foco o momento ruim da articulação política do governo do presidente Jair Bolsonaro, levando investidores a novamente incorporar maior prêmio na curva de juros.

O movimento foi mais intenso na chamada “barriga da curva”, mostrando que investidores passaram a ver chances maiores de a elevação da Selic ser adiantada.

No encerramento da sessão regular desta sexta-feira (2), às 16h, o rendimento do contrato do Depósito Interfinanciero (DI) para janeiro de 2022 subiu a 3,40%, de 3,12% no ajuste anterior, enquanto a taxa do DI para janeiro de 2023 avançou de 4,61% para 4,85%.

Já o yield do contrato para janeiro de 2025 passou de 6,53% para 6,73% e o do DI janeiro/2027 chegou a 7,63%, de 7,50% no ajuste anterior.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui