IR 2021: não sou obrigado a declarar, mas tive IR descontado; o que eu faço? | Imposto de Renda 2021

0
19


Em 2021, são obrigados a declarar o Imposto de Renda todos os contribuintes que receberam, ao longo de 2020, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70, dentre outros. Um trabalhador formal cujo salário mensal levaria à soma desse montante geralmente tem descontado o imposto diretamente na folha de pagamento. Mas, pode acontecer de ter o imposto retido na fonte mesmo quem tem salário baixo.

“Isso acontece muito, porque muitas pessoas não têm o costume de olhar o contra-cheque e acabam nem percebendo que tiveram algum valor retido”, apontou Claudio Sameiro, que é coordenador da graduação e pós-graduação em Ciências Contábeis da Universidade Veiga de Almeida, no Rio de Janeiro.

O professor explicou que o desconto do Imposto de Renda para quem tem salário que, em princípio, o isenta de fazer a declaração pode ser realizado, por exemplo, em um mês em que o trabalhador acumulou o salário com o pagamento de férias ou gratificação.

A recomendação para quem não é obrigado a declarar mas teve o imposto retido na fonte é fazer a declaração dentro do prazo legal, que este ano vai até o dia 30 de abril.

“Aconselha-se que ela faça a declaração para que possa receber, parcialmente ou integralmente, o valor que tenha sido retido pela fonte pagadora. Se ele não entregar, vai acabar deixando esse dinheiro retido na Receita Federal “, apontou Sameiro.

O ressarcimento será feito de acordo com o cronograma de pagamento da restituição, que este ano é composto por cinco lotes. O calendário previsto é:

  • 1º lote: 31 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 30 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Quanto antes enviar a declaração, mais chances tem o contribuinte de receber nos primeiros lotes de pagamento.

“Se a pessoa for portadora de moléstia grave ou maior de 65 anos ela vai ter direito à prioridade e recebe também nos primeiros lotes”, ressaltou Sameiro.

Veja quem é obrigado a declarar o Imposto de Renda em 2021:

  • quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2020. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado.
  • contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;
  • quem obteve, em qualquer mês de 2020, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
  • quem teve, em 2020, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
  • quem tinha, até 31 de dezembro de 2020, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
  • quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2020;
  • quem optou pela isenção do imposto incidente em valor obtido na venda de imóveis residenciais cujo produto da venda seja aplicado na aquisição de imóveis residenciais localizados no país, no prazo de 180 dias, contado da celebração do contrato de venda.

Veja as dicas para quem vai declarar pela primeira vez:

  • Fazer o quanto antes e não deixar para enviar a declaração na última hora para ter tempo de fazer uma boa revisão;
  • Separar os documentos antes de começar a preencher a declaração, como os informes de rendimentos e toda a documentação relativa a ganhos, gastos e patrimônio. Veja aqui a lista de documentos;
  • Ter cuidado ao preencher os dados e revisá-los com atenção;
  • Escolher qual modalidade de declaração é mais vantajosa, se a simplificada ou a completa – o próprio programa vai apontar qual delas terá o menor valor de imposto a pagar ou o maior valor de restituição a receber.
  • Em caso de dúvidas, consultar a lista de perguntas e respostas disponível no site da Receita Federal;
  • Contratar um contador caso tenha muita dificuldade para preencher a declaração – o gasto pode evitar prejuízos caso a declaração seja enviada com erros.

VÍDEOS: Tudo sobre o Imposto de Renda 2021:



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui