Inflação alta muda valor do salário mínimo para 2022

0
205


O salário mínimo vai terá novo valor a partir de 2022, o reajuste acontece normalmente todos os anos, no entanto, em 2022, o valor poderá ter um valor acima das expectativas do governo devido a alta da inflação. O governo tinha previsto um aumento do mínimo para 2022 em R$ 1.169, entretanto, a inflação disparou, subindo de 8,4%¨para 10,04%, números divulgados pela equipe econômica do governo. Isso significa que no ano que vem, segundo estimativas, o salário mínimo terá o valor de R$ 1.210,44, ou seja, um aumento de R$ 110,44 em relação aos atuais R$ 1.100.

Os trabalhadores não tinham uma remuneração mais alta desde 2016, quando o salário mínimo obteve um reajuste de 11,6%. No entanto, o reajuste ainda não devolve o poder de compra aos brasileiros, pois o novo valor do piso nacional não terá um ganho real. Isso vem acontecendo nos últimos dois anos.

O salário mínimo é pago a 50 milhões de trabalhadores e beneficiários do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), conforme dados do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

O aumento do salário em 2022 vai custar aos cofres públicos algo em torno de R$35,5 bilhões.

Benefícios do INSS

Quando o salário mínimo sobe de valor isso significa que os benefícios do INSS também sofrerão mudanças em seus valores. O salário mínimo sendo confirmado no valor que está sendo estimado, no ano que vem, os aposentados, pensionistas e demais segurados que recebem até um salário mínimo, passarão a ganhar R$ 1.210,44.

Seguro-desemprego

O seguro-desemprego é um benefício destinado ao trabalhador para que ele possa se manter durante o período em que estiver em busca de novas oportunidades para voltar ao mercado. O pagamento é feito de forma temporária. O salário mínimo serve como base para o pagamento do benefício.

PIS/Pasep

O PIS/Pasep também muda com o reajuste do salário mínimo, os trabalhadores contemplados com o abono salarial recebem um valor de um salário mínimo, que em 2022, deverá ser de R$ 1.210,44.

Tem direito ao abono salarial todo trabalhador que exerce alguma função com carteira assinada. O PIS é pago pela Caixa Econômica Federal e o Pasep é pago aos servidores públicos pelo Banco do Brasil.



Fonte: R7