Indígenas do Brasil e da Colômbia processam controladora do GPA por destruição da Amazônia | Natureza

0
20


Povos indígenas do Brasil e da Colômbia processaram o grupo varejista francês Casino, controlador do GPA, em um tribunal da França nesta quarta-feira (3). Os indígenas acusam o grupo de vender carne bovina ligada à grilagem de terras e desmatamento na Amazônia, disseram os ativistas envolvidos no processo.



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui