Índice europeu recupera parte das perdas com ajuda de mineradoras e UBS

0
9


Por Sruthi Shankar e Susan Mathew

(Reuters) – As ações europeias se estabilizaram nesta terça-feira, após na sessão anterior sofrerem sua pior queda do ano, com o mercado amparado por alguns balanços corporativos positivos e números otimistas de produção das mineradoras.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,5%, depois de cair 2,3% na segunda-feira por preocupações com a rápida propagação da variante Delta do coronavírus e a desaceleração do crescimento econômico.

As mineradoras, entre os setores mais alvejados pela liquidação da véspera, subiram 1,5%, depois que o BHP Group e a Anglo American divulgaram números otimistas de produção.

O banco suíço UBS teve alta de 5,3%, após registrar um salto de 63% no lucro líquido do segundo trimestre, ajudado por um negócio de gestão de fortunas em expansão. Os pares Credit Suisse e Julius Baer também subiram.

“Esperamos que o crescimento (econômico) europeu chegue ao pico neste verão (no continente), (mas) continue a favorecer os ativos de risco ao longo de um horizonte de 12 meses”, escreveram analistas da BCA Research em nota.

O índice STOXX 600 está mais de 3% abaixo de um pico histórico alcançado há apenas uma semana, pressionado pelo temor de que o aumento de casos de coronavírus mine uma recuperação econômica nascente. E um declínio contínuo nos rendimentos dos títulos mostrava que as preocupações permaneciam.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,54%, a 6.881,13 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,55%, a 15.216,27 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,81%, a 6.346,85 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,59%, a 24.107,33 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,68%, a 8.358,00 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,11%, a 4.899,71 pontos.

((Tradução Redação São Paulo, 55 11 56447757)) REUTERS JCG CMO

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6J0ZN-BASEIMAGE










Fonte: Mix Vale