Imposto de Renda 2022: a 13 dias do fim do prazo, Receita ainda aguarda mais de 10 milhões de declarações

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp



Prazo vai até 31 de maio, e governo espera receber 34,1 milhões de declarações do IR 2022. Faltando 13 dias para o fim do prazo, a Receita Federal ainda aguarda mais de 10 milhões de declarações do Imposto de Renda 2022. Até as 11h desta quarta-feira (18) foram 23.216.964 documentos entregues – cerca de 68% das 34,1 milhões de declarações esperadas este ano.
O prazo para enviar o documento sem multa termina em 31 de maio.
Como fazer uma declaração simples? Veja o passo a passo
O que você precisa saber para fazer declaração
Tire suas dúvidas sobre documentos, nível ‘prata ou ouro’, PIX, restituição e todas as mudanças na declaração
Imposto de Renda 2022 em vídeos
SAIBA TUDO SOBRE O IMPOSTO DE RENDA 2022
O programa para fazer a declaração deve ser baixado no site da Receita Federal (clique aqui para acessar).
Obrigatoriedade
Quem precisa declarar IR?
É obrigado a declarar IR em 2022:
quem recebeu rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70 em 2021. O valor é o mesmo da declaração do IR do ano passado;
contribuintes que receberam rendimentos isentos, não-tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma tenha sido superior a R$ 40 mil no ano passado;
quem obteve, em qualquer mês de 2021, ganho de capital na alienação de bens ou direitos, sujeito à incidência do imposto, ou realizou operações em bolsas de valores, de mercadorias, de futuros e assemelhadas;
quem teve isenção de imposto sobre o ganho de capital na venda de imóveis residenciais, seguido de aquisição de outro imóvel residencial no prazo de 180 dias;
quem teve, em 2021, receita bruta em valor superior a R$ 142.798,50 em atividade rural;
quem tinha, até 31 de dezembro de 2021, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, inclusive terra nua, de valor total superior a R$ 300 mil;
quem passou para a condição de residente no Brasil em qualquer mês e se encontrava nessa condição até 31 de dezembro de 2021.
Lotes de restituição
De acordo com a Receita Federal, serão disponibilizados cinco lotes de restituição neste ano, nos dias:
31 de maio;
30 de junho;
29 de julho;
31 de agosto; e
30 de setembro.



Fonte: G1