Ibovespa fecha em alta com Wall Street e avanço do petróleo; IRB salta 8,5%

0
22


Por Paula Arend Laier

SÃO PAULO (Reuters) – O Ibovespa fechou em alta nesta quarta-feira, favorecido pela trajetória positiva em Wall Street e avanço dos preços do petróleo, com as ações do IRB Brasil RE capitaneando os ganhos após a resseguradora reportar lucro líquido em maio.

Índice de referência do mercado acionário brasileiro, o Ibovespa subiu 0,42%, a 125.929,25 pontos, tendo ultrapassado os 126 mil pontos no melhor momento. O volume financeiro no pregão somou 24,5 bilhões de reais.

Em Nova York, o S&P 500 avançou 0,82%, com balanços e previsões de empresas devolvendo o ânimo sobre a recuperação da maior economia do mundo.

Na visão do presidente da Apollo Investimentos, João Guilherme Penteado, porém, os riscos fiscais e políticos têm pesado no Ibovespa desde meados de junho, afetando a correlação com o mercado norte-americano.

Desde o começo do mês, o S&P 500 sobe 1,4%, enquanto o Ibovespa ainda apresenta desempenho negativo. No ano, o norte-americano avança 16%, contra alta de 5,8% do brasileiro.

Penteado acrescentou que, mesmo com ambiente global positivo, o Brasil vem sofrendo com a percepção de riscos crescentes e uma inflação maior que a esperada.

Análise técnica da Ágora Investimentos afirma que, para se acreditar na retomada do viés positivo do Ibovespa no curto prazo, ele precisaria vencer a reta de resistência traçada a partir de topo histórico que passa na região dos 128.500 pontos.

A cena corporativa brasileira também repercutiu no pregão nesta quarta-feira e tende a ocupar ainda mais os holofotes nas próximas semanas, conforme ganha fôlego a temporada de balanços do segundo trimestre.

Penteado lembra que os números surpreenderam positivamente nos últimos resultados e há uma expectativa de manutenção do bom momento com a retomada gradual da economia, o que pode servir como um “alento” e ajudar a reduzir incertezas neste momento.

Entre elas, está a evolução da variante Delta da Covid no Brasil e seus impactos econômicos de curto prazo enquanto o país avança na vacinação e caminha para a volta à normalidade. “O cenário de curto prazo ainda é bastante incerto.”

DESTAQUES

– IRB BRASIL RE ON fechou em alta de 8,5%, após dados mostrando lucro líquido de 7,5 milhões de reais em maio, revertendo prejuízo de 202,1 milhões de reais verificado um ano antes.

– EMBRAER ON subiu 3%, em meio a dados do segundo trimestre, com alta de 12% na carteira de pedidos firmes, para 15,9 bilhões de dólares, retornando a níveis pré-pandemia.

– BRASKEM PNA avançou 4,59%, tendo de pano de fundo expectativas relacionadas à venda da participação do conglomerado Novonor (ex-Odebrecht) na petroquímica.

– PETROBRAS PN valorizou-se 1,39%, beneficiada pela forte alta dos preços do petróleo no mercado externo, onde o Brent saltou mais de 4%.

– VALE ON subiu 1,15%, mesmo com a queda dos preços futuros do minério de ferro na China, com o setor de mineração e siderurgia como um todo no azul, com destaque para USIMINAS PNA, que avançou 2,5%.

– ITAÚ UNIBANCO PN registrou acréscimo de 0,41%, reforçando o sinal positivo do Ibovespa, enquanto BRADESCO PN fechou quase estável. O destaque entre os bancos do Ibovespa foi BANCO INTER UNIT, com alta de 2,5%.

– FLEURY ON recuou 2,87%, em meio a expectativas de resultados ainda fracos do setor de saúde no segundo trimestre, em razão dos efeitos da segunda onda de Covid-19. HAPVIDA ON caiu 1,97%.

– COGNA ON e YDUQS ON perderam 2,46% e 1,62%, respectivamente, dada a perspectiva de números fracos para o setor no segundo trimestre, particularmente uma dinâmica ainda difícil no segmento presencial e provisões em níveis altos

– DESKTOP ON avançou 3,19%, para 24,25 reais, em estreia na B3, após a provedora de internet por fibra óptica precificar IPO a 23,50 reais no começo da semana. Na máxima do dia, a ação chegou a 25,90 reais.

– VTEX saltou 16,74% em estreia em Nova York, após precificar IPO a 19 dólares por ação, acima da faixa estimada, de 15 a 17 dólares, levantando 361 milhões e assegurando um valor de mercado de 4,7 bilhões de dólares.

– RENOVA ENERGIA UNIT disparou 7,42%, após o Mubadala, de Abu Dhabi, conquistar o direito de igualar a oferta de quaisquer outros interessados em alguns ativos da companhia, que está em recuperação judicial.

Para ver as maiores altas do Ibovespa, clique em

Para ver as maiores baixas do Ibovespa, clique em

(Edição Alberto Alerigi Jr.)

tagreuters.com2021binary_LYNXMPEH6K1BO-BASEIMAGE










Fonte: Mix Vale