IBGE diz que negociará com Ministério da Economia realizar Censo em 2022 | Economia

0
19


O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou nesta sexta-feira (23) que vai negociar com o Ministério da Economia a realização do Censo em 2022.

Nesta sexta, o secretário especial de Fazenda do Ministério da Economia, Waldery Rodrigues, disse que o Orçamento deste ano, sancionado pelo presidente Jair Bolsonaro na quinta (22), não prevê recursos para a realização do Censo.

“O IBGE retomará as tratativas com o Ministério da Economia para planejamento e promover a realização do Censo em 2022, de acordo com cronograma a ser definido em conjunto com o ME”, informou o órgão por meio de nota.

O governo já havia adiado a realização da pesquisa de 2020 para 2021 por causa da pandemia de coronavírus. Com a nova suspensão, há uma grande preocupação com o rumo das políticas públicas do país.

O IBGE também informou que “anunciará as orientações assim que for possível” sobre o processo seletivo dos censitários. As provas já haviam sido suspensas no início do mês.

O Censo foi suspenso por falta de recursos. O Orçamento 2021 foi sancionado, com vetos, na quinta-feira (22) pelo presidente Jair Bolsonaro, o que sacramentou a suspensão da realização da pesquisa.

Na tramitação do Orçamento no Congresso Nacional, os parlamentares já haviam cortado os valores destinados ao Censo, de R$ 2 bilhões para R$ 71 milhões – a direção do IBGE considerava ideal R$ 3,4 bilhões para realizar a pesquisa.

A redução no valor de destinado para o Censo contribuiu para que Susana Cordeiro Guerra deixasse o comando do IBGE. Ela foi substituída por Eduardo Luiz Gonçalves Rios Neto, que ocupava o cargo de diretor de Pesquisas do órgão.

Vídeos: Últimas notícias de Economia



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui