Greve de pilotos e comissários é suspensa

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


Pilotos, copilotos e comissários fecharam um acordo no fim de semana com o Tribunal Superior do Trabalho (TST) e decidiram suspender a greve que havia sido marcada para esta segunda-feira, 29.

Segundo o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), quase 54% dos membros que votaram foram favoráveis ao fim da greve. A assembleia da categoria, encerrada no sábado 27, contou com a participação de 7 mil profissionais.

Segundo o acordo, as companhias devem pagar 75% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) acumulado nos últimos 12 meses sobre as duas partes que compõem a remuneração dos aeronautas — uma fixa e outra variável, de acordo com a escala de trabalho.

As diárias de alimentação e o vale-alimentação serão reajustados pelo INPC integral acumulado no último ano. Os tripulantes reivindicavam a reposição de perdas causadas pela inflação nos últimos dois anos. O TST também propôs a renovação integral das cláusulas sociais previstas na convenção coletiva vigente.

Na sexta-feira 26, o ministro Agra Belmonte, relator do dissídio coletivo, iniciou as tratativas e organizou uma audiência de conciliação com o SNA e o Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (SNEA).

Aprovada na semana passada, a greve de pilotos teria início hoje e previa que metade dos aeronautas não trabalharia.





Fonte: R7