Grãos da Ucrânia chegam a porto romeno no Mar Negro


BUCARESTE (Reuters) – A Ucrânia enviou cerca de 80.000 toneladas de grãos para o porto romeno de Constanta, no Mar Negro, até o momento, com previsão de chegada de mais volumes, disse o gerente do porto nesta terça-feira.

Os portos marítimos da Ucrânia estão bloqueados desde a invasão russa há dois meses e o país, um grande produtor agrícola, foi forçado a exportar por trem através de sua fronteira ocidental ou por meio de seus pequenos portos do rio Danúbio para a Romênia.

A Romênia, membro da União Europeia, compartilha fronteiras do Mar Negro –uma importante artéria de transporte de grãos e petróleo– com a Bulgária, Turquia, Geórgia e Ucrânia.

“Há cerca de 80.000 toneladas de grãos que já chegaram, estão armazenados em silos, parte deles foi carregado no navio”, disse à Reuters o gerente do Porto de Constanta, Florin Goidea.

“Outras cerca de 80.000 toneladas estão aprovadas e a caminho.”

Os grãos chegaram por ferrovias ou barcaças pelo rio Danúbio, disse Goidea, acrescentando que o porto tem capacidade para lidar com a exportação adicional de grãos.

O porto, que tem uma capacidade de armazenamento de cerca de 2 milhões de toneladas, movimentou exportações no volume de cerca de 24 milhões de toneladas no ano passado.

No início deste mês, o ministro dos Transportes da Romênia, Sorin Grindeanu, disse que o governo, que renunciou às taxas de serviços portuários para carga ucraniana, planeja reabrir uma linha de trem da era soviética em seu porto de Galati, no rio Danúbio, o que ajudaria a acelerar o transporte de grãos.

Não ficou claro quando a linha, que precisa de reabilitação, será reaberta.

(Reportagem de Luiza Ilie)

tagreuters.com2022binary_LYNXNPEI3P0L9-BASEIMAGE









Fonte: Mix Vale