Geração de empregos no agro entre janeiro e maio tem melhor resultado desde 2012 | Agronegócios

0
14


De acordo com o boletim da CNA, a região que mais se destacou na criação de oportunidades foi a Sudeste, com 39.120 cargos apenas em maio. Este dado seria resultado do início da colheita de algumas culturas permanentes, como café, laranja e cana-de-açúcar.

Ao todo, o mês de maio teve 42.426 oportunidades formais de empregos. Além do Sudeste, as demais regiões com saldo positivo foram:

  • Nordeste: 2.300;
  • Centro-Oeste: 1.449;
  • Norte: 991.

Já no Sul ocorreu uma perda líquida de 1.334 vagas no mês.

Considerando apenas os estados, São Paulo se manteve na liderança da criação de empregos, com 32.675 novas vagas, seguido por Minas Gerais (3.024), Rio de Janeiro (2.003), Espírito Santo (1.418) e Goiás (1.054).

As atividades da produção de alimentos que mais contribuíram para o resultado foram:

  • Café: 13.644
  • Laranja: 9.090;
  • Cana-de-Açúcar: 4.148;
  • Criação de Bovinos para Corte: 3.885;
  • Serviço de Preparação de Terreno, Cultivo e Colheita: 3.759.

Para a CNA, o aumento na criação de vagas é uma resposta do mercado de trabalho ao avanço da vacinação e da atividade econômica, mas a quantidade de postos se trata ainda de uma compensação, que apenas recupera a perda ocorrida no ano passado.

VÍDEO: tudo sobre agronegócios



Fonte: G1