General João Francisco Ferreira pede exoneração do cargo de diretor-geral brasileiro de Itaipu Binacional | Oeste e Sudoeste

Share on facebook
Share on twitter
Share on telegram
Share on whatsapp


O diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general João Francisco Ferreira, pediu exoneração do cargo, conforme anunciou a assessoria da hidrelétrica na tarde desta terça-feira (25), em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

O pedido de exoneração do cargo foi por razões pessoais, conforme a Itaipu. Ainda conforme o comunicado, o general agradeceu o apoio e o comprometimento dos parceiros da usina.

Ferreira estava no cargo desde o dia 7 de abril de 2021, quando foi empossado pelo presidente Jair Bolsonaro, para substituiu o general Joaquim Silva e Luna que ficou no comando da margem brasileira da empresa por dois anos e um mês e foi nomeado para a presidência da Petrobras.

Ferreira foi o 13º diretor-geral brasileiro da binacional e o quarto militar a comandar a hidrelétrica.

Conforme a assessoria, a exoneração será publicada nos próximos dias no Diário Oficial da União, assim que o Presidente da República e o Ministro de Minas e Energia escolherem e nomearem o novo diretor-geral.



Fonte: G1