Funcionários de frigoríficos, servidores da Agricultura e das Ceasas receberão vacinas contra gripe

0
59




Campanha tem como objetivo imunizar profissionais que atuam no abastecimento de alimentos no país, reduzindo os riscos de interrupção dessas atividades durante a pandemia. Vacina contra a gripe
Prefeitura de Jaru/Divulgação
A partir do dia 25 de maio, será iniciada a campanha de vacinação contra gripe para servidores do Ministério da Agricultura, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e das centrais de abastecimento (Ceasas).
A ação é uma iniciativa do governo e da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que representa os frigoríficos de carne suína e de frango.
Trabalhadores de frigoríficos também serão vacinados, conforme mapeamento da ABPA.
“(O objetivo é) imunizar o grupo de trabalhadores que atua no abastecimento de alimentos no país e, com isso, reduzir os riscos de internações e uma interrupção dessas atividades durante a pandemia do novo coronavírus”, disse em nota o Ministério da Agricultura.
Segundo o governo, serão disponibilizadas 12 mil doses da vacina trivalente, doadas pela ABPA. Composta por vírus inativado, protege contra os três vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2019: Influenza A (H1N1), Influenza B e Influenza A (H3N2).
“A vacina não tem eficácia contra o coronavírus, porém visa auxiliar os profissionais de saúde na exclusão do diagnóstico da gripe, já que os sintomas são parecidos, para chegar mais rapidamente ao diagnóstico de coronavírus.”
Etapas
Na primeira etapa, serão vacinados funcionários do Mapa e da Conab nas superintendências regionais da companhia nos estados. Em seguida, a campanha ocorrerá nas centrais de abastecimento em blocos, sendo iniciada pelos funcionários. Há previsão de imunização de atacadistas das Ceasas.
De 25 a 29 de maio, a campanha será realizada nas regiões Sul, Sudeste e no Distrito Federal. De 1º a 5 de junho, nas regiões Norte e Nordeste e nos estados de Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.



Fonte: G1