Foodtech elimina intermediários para baratear alimentos orgânicos | Pequenas Empresas & Grandes Negócios

0
32


Uma foodtech – startup do setor de alimentação – de São Paulo está levando orgânicos de pequenos produtores para mesa do consumidor a um preço mais barato.

A startup compra diretamente dos produtores legumes, frutas, temperos e até produtos não perecíveis, e e vende tudo na sua própria plataforma, em duas modalidades: pedidos avulsos ou em cestas personalizadas, entregues na porta do cliente.

O valor chega a ser 20% menor do que o cobrado nos mercados tradicionais. E a empresa consegue pagar melhor os pequenos produtores, porque não tem intermediários por conta da tecnologia.

“A gente consegue planejar com o produtor desde o momento que ele planeja a produção até o momento da colheita. E através dos consumidores a gente consegue casar essa venda”, afirma o empresário Tomás Abrahão, fundador da foodtech.

A foodtech, fundada em 2016, cresceu 300% no ano passado, em relação a 2019.

Em 2020 o mercado brasileiro de orgânicos cresceu cerca de 30% e movimentou quase R$ 5,8 bilhões. Hoje, são 800 pequenos produtores cadastrados em todo o Brasil.

Raízs
Telefone: (11) 3034-6455
E-mail: [email protected]
Site: www.raizs.com.br
Facebook: https://www.facebook.com/raizsorg/
Instagram: @raizsorganicos

Santa Adelaide Orgânicos
WhatsApp: (11) 94123-3338
E-mail: [email protected]
Facebook: www.facebook.com/fazenda.santaadelaideorganicos
Instagram: @santa_adelaide_organicos





Fonte: G1