Facebook está trabalhando em produto similar ao Clubhouse, diz jornal | Tecnologia

0
16


O Facebook está criando um novo produto de conversa por voz similar ao aplicativo Clubhouse, publicou o “New York Times” nesta quarta-feira (10), citando fontes com conhecimento do assunto.

A rede social não comentou o assunto ao ser questionada pela Reuters.

Produtos famosos do Instagram, que pertence ao Facebook, também foram “inspirados” em concorrentes. O Stories nasceu depois da explosão do Snapchat, com seus vídeos curtos que sumiam após 24 horas.

No ano passado, a rede social lançou o Reels, também para vídeos curtos, com uma pegada muito similar ao aplicativo que começou a fazer sucesso nos últimos anos, o TikTok.

Também em 2020, na esteira do “boom” das videoconferências em virtude da pandemia, o Facebook lançou o Rooms, que permite reunião grandes grupos em salas virtuais do Messenger. Com isso, a empresa tentava entrar na briga pelo segmento que fez as procuras pelo Zoom dispararem.

O interesse pelo Clubhouse, rede social baseada em conversas por voz, disparou nos últimos dias. As buscas pelo app no Google cresceram 525% em uma semana, segundo o próprio buscador.

O mensageiro é baseado em áudio, com diversas salas de bate-papo com duração pré-determinada. Não há fotos ou vídeos, a não ser as imagens do perfil de cada pessoa, e tudo acontece em tempo real — não é possível reproduzir conteúdos antigos, como em conversas no WhatsApp.

Além disso, o app é exclusivo para iPhones e limitado para pessoas com convite. Os interessados podem baixar o app e entrar em uma lista de espera, que é sincronizada com os contatos do celular.

Caso algum amigo já esteja dentro da plataforma, ele consegue permitir a entrada na rede, mas cada pessoa tem direito a chamar dois amigos.

A rede chegou até a driblar a censura na China por alguns dias.

Veja VÍDEOS sobre segurança digital:



Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui