Exportações de trigo 2022/23 da França devem atingir maior volume em 3 anos

Por Gus Trompiz

PARIS (Reuters) – As exportações de trigo soft da França para países fora da União Europeia devem atingir uma máxima de três anos em 2022/23 após um forte começo de temporada, disse o escritório agrícola FranceAgriMer nesta quarta-feira.

Nas primeiras projeções para a temporada iniciada neste mês, o escritório previu embarques de 10,3 milhões de toneladas, 17% acima da estimativa reduzida de 8,8 milhões de toneladas para 2021/22 e o maior volume desde 2019/20.

Os países exportadores de trigo da UE viram uma forte demanda no início da temporada, à medida que os importadores buscam alternativas para os suprimentos ucranianos interrompidos pela guerra e a seca aumenta a necessidade de importação de Marrocos.

Os preços competitivos da França, apoiados por uma queda do euro para uma paridade com o dólar, estão impulsionando as perspectivas de exportação, embora permaneçam incertezas sobre a demanda chinesa e sobre o quanto a Rússia exportaria, disse Marc Zribi, chefe da unidade de grãos da FranceAgriMer, a repórteres.

A Rússia deve colher uma safra abundante, mas suas perspectivas de exportação foram obscurecidas pelas sanções ocidentais devido à guerra na Ucrânia.

Para 2021/22, a FranceAgriMer reduziu sua estimativa de exportações para fora da UE frente às 9,1 milhões de toneladas fixadas em junho, cortando o número pelo quarto mês consecutivo.

O escritório disse anteriormente que os preços recordes devido à guerra desaceleraram a demanda no final da temporada passada.

Para as exportações de trigo soft a países da UE, o escritório projetou que a França enviaria 7,0 milhões de toneladas em 2022/23, uma queda de 12% em relação às 8,0 milhões de toneladas previstas para 2021/22.

(Por Gus Trompiz, reportagem adicional de Forrest Crellin)

tagreuters.com2022binary_LYNXMPEI6C0KX-BASEIMAGE








Fonte: Mix Vale